<
>

Bellator: Após troca de farpas, Zingano abre caminho para enfrentar Cris Cyborg

play
UFC: Deiveson diz que racismo 'ficou constante' em suas redes sociais após episódio com treinador de Moreno (0:35)

Lutador brasileiro falou com exclusividade à ESPN (0:35)

"Eu e Cyborg estamos aqui. Nós temos falado uma sobre a outra por um tempo. Juntando isso, obviamente faz muito sentido" , diz Zingano sobre luta com Cyborg


Depois de muita indefinição e algumas farpas trocadas, Cat Zingano parece finalmente pronta para enfrentar a campeã Cris ‘Cyborg’, em busca do cinturão peso-pena (66 kg) do Bellator. Na última sexta-feira (24), a americana venceu Pam Sorenson, na edição de número 282 do evento, e, com três vitórias consecutivas na organização, consolidou seu favoritismo na corrida pelo próximo ‘title shot’ da divisão.

E, dessa vez, Cat parece realmente interessada na disputa contra a brasileira. Após sua mais recente apresentação, Zingano – em entrevista ao site ‘MMA Junkie’ – reconheceu que, agora, chegou a hora de finalmente medir forças com a campeã da organização.

Vale lembrar que o confronto entre Zingano e ‘Cyborg’ já poderia ter acontecido anteriormente, mas a americana colocou alguns empecilhos durante as negociações, como a exigência de testes antidoping independentes para a brasileira, o que fez com que o Bellator optasse por encerrar as tratativas na época. Resta saber se o duelo finalmente sairá do papel agora.

“Acho que sim. Eu sinto que tenho feito um bom trabalho escalando o ranking no Bellator e ganhando experiência. O ambiente está criado. Eu e Cyborg estamos aqui. Nós temos falado uma sobre a outra por um tempo. Juntando isso, obviamente faz muito sentido”, comentou Cat.

No MMA profissional desde 2008, Cat Zingano construiu boa parte de sua carreira no UFC, onde chegou a derrotar grandes nomes do esporte, como Amanda Nunes e Miesha Tate. Porém, após vencer apenas uma de suas últimas cinco lutas no octógono mais famoso do mundo, sua trajetória na organização teve um fim. A americana chegou ao Bellator em 2020 e, desde então, saiu vitoriosa de todas as três lutas realizadas na entidade presidida por Scott Coker.

Por sua vez, Cris ‘Cyborg’ é considerada por muitos como a maior lutadora de todos os tempos. A brasileira – atual campeã peso-pena do Bellator – se tornou a primeira atleta a conquistar títulos em quatro grandes organizações do MMA (Strikeforce, Invicta FC, UFC e Bellator). A curitibana segue invicta na sua atual casa, tendo vencido seus cinco compromissos, os últimos quatro já em defesas de título.