<
>

Tiquinho Soares revela dia em que Casillas fez o vestiário do Porto chorar e arrancar para o título: 'Parecia um pai'

Um dos maiores ídolos da história do Real Madrid, Iker Casillas deixou o Santiago Bernabéu para ir ao Porto, em 2015. Em quatro temporadas como titular no estádio do Dragão, o goleiro espanhol teve uma passagem vitoriosa e ganhou um grande respeito dos colegas.

“O Iker é um cara diferente mesmo. Foi um sonho porque eu jogava com ele no PlayStation, e compartilhar o vestiário com ele é espetacular. Um cara de uma humildade sem igual, nunca vi. Ele apoia e te leva com o time. As palavras dele tiram o teu melhor. É um cara fora de série e foi uma honra ter jogado com ele”, disse o atacante Tiquinho Soares, ao ESPN.com.br.

Na temporada 2017/2018, o brasileiro foi testemunha do poder de oratória e da grande influencia do goleiro no vestiário.

O Porto brigava pelo título do Campeonato Português com o Benfica – que vinha de quatro títulos seguidos – quando sofreu uma derrota inesperada para o modesto Belenenses por 2 a 0 no O jogo válido pela 28ª rodada do torneio foi estádio do Restelo, em Belém.

“Depois dessa derrota, ele deu uma palestra que fez todo mundo chorar dentro do vestiário. Foi como se um pai estivesse falando com o filho. Esse momento foi onde conseguimos o primeiro título português”, contou Soares, que marcou 19 gols na última temporada.

Nos seis jogos que restavam, o Porto conseguiu vencer o título e impedir o pentacampeonato do Benfica. Após ter problemas cardíacos, Casillas se afastou dos gramados no ano passado e anunciou aposentadoria em 2020.