<
>

Ronaldo Fenômeno, presidente do Valladolid, já deu celulares e passagens aéreas de graça aos jogadores

Em setembro de 2018, Ronaldo Fenômeno surpreendeu o mundo ao virar o maior acionista do modesto Real Valladolid, da Espanha. Desde então, o clube passou a ganhar mais holofotes da mídia e conseguiu se manter na elite do futebol espanhol.

Segundo Matheus Fernandes, ex-jogador de Palmeiras e Botafogo, Ronaldo tem bastante moral com o elenco por toda história que o astro construiu no futebol.

O volante, que pertence ao Barcelona e está emprestado até o fim da atual temporada, chegou ao Valladolid no começo deste ano. Ele diz que o ex-atacante é visto como uma referência e costuma conversar bastante com a equipe.

“O Ronaldo é um presidente muito presente. Sempre comparece aos treinamentos, conversa com os jogadores, comissão técnica... Tudo isso é muito importante. Todos gostam muito desse jeito simples, porque ele é humilde a todo momento, trata todos da mesma maneira. É um pessoa fantástica”, disse Matheus Fernandes ao ESPN.com.br.

Durante as últimas temporadas, o Fenômeno manteve o jovem técnico Sergio González, 43 anos, mesmo nos momentos mais complicados.

Após a equipe escapar da segunda divisão na temporada passada, o brasileiro recompensou seus jogadores com uma viagem.

Nesta temporada, Ronaldo foi generoso com o elenco depois da vitória contra o Espanyol e deu um iPhone e algumas passagens aéreas para os atletas, como prêmio por conquistarem os três pontos.

“Estamos trabalhando o máximo para se manter na elite. O clube tem pensamento, até pela organização, de subir degraus, mas sabe que é preciso de paciência e se firmar no Campeonato Espanhol”.

Mudanças

Ronaldo investiu 2,5 milhões de euros (cerca de R$ 15 milhões) para realizar reformas no estádio Municipal José Zorrilla, que foi utilizado na Copa do Mundo de 1982.

“O Valladolid é um clube bem organizado. Tem um estádio muito bonito e bem confortável, uma academia e um CT que atende a demanda dos jogadores. É um clube, que tem uma história bonita e hoje briga para permanecer em LaLiga”.

A chegada de Ronaldo ao Real Valladolid fez com que o clube espanhol se voltasse para o Brasil.

Júlio Baptista – ex-colega de Real Madrid e seleção brasileira do Fenômeno – chegou para ser treinador nas categorias de base e colocou alguns jogadores brasileiros no time, caso de Rayan Goés.

Além de Matheus Fernandes por empréstimo, o Valladolid tentou trazer Reinier (do Real Madrid) e Marrony, que recentemente trocou o Vasco pelo Atlético-MG.

Nesta semana, foi noticiado que o clube deseja trazer Yuri César, promessa do Flamengo que está emprestada ao Fortaleza.

Atualmente, o Real Valladolid é o 14º colocado de LaLiga com 34 pontos.