<
>

Benfica bate o martelo e define futuro de Everton Cebolinha após oferta de R$ 109 milhões, diz jornal português

Segundo o jornal O Jogo, antes de fechar a contratação de Michael junto ao Flamengo, o Al-Hilal fez uma oferta ao Benfica por Cebolinha, mas que foi recusada pelo clube português


Antes de fechar a contratação de Michael junto ao Flamengo, nesta última quinta-feira (27), o Al-Hilal, da Arábia Saudita, tentou uma última cartada por outro brasileiro. Segundo informações do jornal português O Jogo, o clube do Oriente Médio subiu a oferta para tirar Everton Cebolinha do Benfica, mas os Encarnados recusaram.

De acordo com o veículo, o Al-Hilal ofereceu 13 milhões de euros (R$ 78,7 milhões nas cifras atuais) de imediato aos portugueses, mas o negócio que poderia chegar à casa dos 18 milhões de euros (R$ 109 milhões) por 70% do passe do atacante brasileiro. O Benfica, porém, se mostrou irredutível e não liberou. Com a recusa, os sauditas foram e fecharam de um vez com Michael.

Para não aceitar a oferta, o clube lisboeta ainda levou outros fatores em consideração. O primeiro deles, o fato de o presidente Rui Costa não querer perder jogadores titulares neste início de ano, além de que o investimento feito pelo Benfica para tirar Everton do Grêmio, em 2020, foi de 20 milhões de euros (R$ 121,1 milhões nas cifras atuais). Ou seja, a oferta do Al-Hilal não traria qualquer tipo de lucro.

Mesmo com o Benfica fazendo jogo duro para liberar o brasileiro, outros clubes seguem interessados no camisa 7. Um deles é o próprio Flamengo, que aceita pagar cerca de 15 milhões de euros (R$ 92 milhões), além de envolver o lateral-esquerdo Ramon no negócio, jogador que interessa o clube português na janela de transferências.

Ainda segundo o jornal português, por ora, a oferta dos cariocas também não anima os Encarnados, mas a venda de Michael pode ajudar o Rubro-Negro a subir ainda mais a sua proposta. De imediato, o Flamengo já contratou Marinho junto ao Santos para repor a saída do ex-camisa 19.

Cebolinha ainda tem contrato com o Benfica até junho de 2025 e desde a saída do técnico Jorge Jesus e a chegada do interino, Nélson Veríssimo, vem tendo mais chances entre os titulares. Na atual temporada, o brasileiro tem 30 jogos disputados - 17 como titular -, marcou 5 gols e deu outras 5 assistências.