<
>

Neymar lembra quando chorou no vestiário do Barcelona e não esquece o que ouviu de Messi: 'Foi onde a chave virou'

Neymar e Messi lembraram o início difícil do atacante brasileiro do Barcelona no documentário 'O Caos Perfeito', da Netflix


A passagem marcante de Neymar pelo Barcelona não teve um início tão fácil. O astro hoje do PSG lembra, inclusive, que chegou a chorar uma vez no vestiário e ouviu conselhos de Lionel Messi para superar o momento difícil. Segundo o brasileiro, "foi onde a chave virou".

"Lembro até hoje, foi um jogo contra o (Athletic) Bilbao, que eu estou chorando no vestiário, no banheiro... O Messi falou comigo, eu estava chorando e expliquei: meu espanhol é mais ou menos, não consigo jogar, não consigo ser eu mesmo", contou Neymar, ao documentário "O Caos Perfeito", da Netflix.

Messi, novamente companheiro de Neymar, agora na França, também lembra bem do episódio. "Vi quando cheguei, que ele entrou rápido, estava com a cabeça baixa. De repente, vi que ele estava chorando. Me surpreendeu", contou o argentino.

"Tentei consolá-lo, acalmá-lo, para que pudesse se soltar e não pensasse em nada que não fosse jogar futebol. Porque não era fácil a situação dele, por toda a expectativa que havia gerado, tudo que foi dito, tudo que havia feito no Santos. Havia um peso muito grande que não o permitia se soltar", completou Messi.

Até hoje, Neymar lembra das palavras que ouviu do amigo. "Não se preocupa comigo, estou aqui para te ajudar, continua", contou. "Acho que esse suporte, eu precisava naquele momento. E foi onde a chave virou. Comecei a me sentir mais leve", acrescentou o brasileiro.

Foi Messi, então, o responsável pelo sucesso de Neymar no Barcelona? Não é bem assim. "Nunca ensinei nada. Só acho que ele foi crescendo e melhorando, como é normal quando vai crescendo com a experiência, idade, as partidas...", minimizou o argentino.