<
>

Flamengo confirma saída de atacante e 'se livra' de pagar mais de R$ 3 milhões por negociação

Kenedy será reincorporado ao elenco do Chelsea a pedido de Thomas Tuchel e deixa o futebol brasileiro após poucos meses


O Flamengo confirmou no início da noite desta quarta-feira (12) aquilo que já era esperado desde o começo da tarde: Kenedy não vestirá mais a camisa rubro-negra.

Dono dos direitos federativos e econômicos do jogador, o Chelsea solicitou o seu retorno ao elenco inglês. Assim, Kenedy viaja de volta a Londres para se juntar ao time dirigido pelo alemão Thomas Tuchel.

"O Chelsea exerceu a cláusula do contrato e solicitou o término antecipado do empréstimo e o retorno imediato do atleta Kenedy", informou o Flamengo, em suas redes sociais.

Com isso, por conta de Kenedy não ficar até o fim do empréstimo, o Flamengo fica isento de pagar 500 mil euros ao Chelsea pela negociação. O valor é equivalente a R$ 3,1 milhões na cotação atual.

Pelo contrato, o Chelsea poderia solicitar a volta de Kenedy se o Flamengo não exercesse a opção de compra definitiva até dezembro de 2021, o que não aconteceu.

O atacante deixa o Flamengo com 17 jogos, um gol e uma assistência. Agora, ele volta ao Chelsea para ser uma opção para a ala esquerda, já que o clube perdeu Ben Chilwell, machucado.