<
>

Lucas Alario interessa ao Palmeiras, mas saiba por que negociação não é tão simples; veja os detalhes

Lucas Alario, centroavante do Bayer Leverkusen, volta a ser apontado como principal nome para o ataque do Palmeiras em 2022


O Palmeiras segue na caça por um novo 'matador'. Após negociações frustradas por Taty Castellanos, do New York FC, e João Pedro, do Cagliari, o time paulista volta novamente suas atenções para Lucas Alario, centroavante do Bayer Leverkusen, da Alemanha. A informação foi antecipada pelo Uol e confirmada pelo ESPN.com.br.

O Verdão tem Alario como nome 'muito importante' avaliado internamente e estuda fazer uma oferta ao Bayer Leverkusen em breve. A ideia é tentar convencer o atleta a aceitar um retorno para a América do Sul.

A reportagem apurou que o time paulista fez contato com os representantes do atleta há alguns meses, mas as conversas não evoluíram. O desejo de Alario em permanecer na Europa, além de ser frequentemente utilizado pelo técnico Gerardo Seoane, podem ser empecilhos na negociação do Palmeiras.

O técnico suíço, inclusive, pediu ao Bayer Leverkusen que não negociasse o atleta, o que dificulta ainda mais um retorno do atacante à América do Sul. É um desejo também do estafe do atleta uma permanência no Velho Continente, local que Alario está desde 2017 quando deixou o River Plate para ir à Alemanha.

A saga do Alviverde por um novo atacante segue desde o início de 2021. Há meses que o time paulista monitora e realiza contatos com o mercado internacional, mas vem esbarrando nos altos valores, agravados agravados pela desvalorização do real frente às moedas estrangeiras

O ESPN.com.br apurou ainda que a possível chegada de um reforço de peso, com um salário fora dos padrões, poderia 'quebrar' de certa forma com o clima harmonioso e de união que passou a ter nos últimos meses.

Sob a filosofia 'Todos somos um', aplicada por Abel Ferreira no primeiro semestre de 2021, o grupo ganhou força coletiva, fundamental, por exemplo, para a conquista da Libertadores.

O Palmeiras entende que o elenco precisa estar fechado até meados de abril, data de início da Conmebol Libertadores. Até lá, a tendência é que o clube siga na busca por um centroavante 'certeiro', mas que se adapte às condições atuais do formato de gestão do clube.