<
>

Atlético-MG: Cuca exalta Hulk e revela 'nome que não aparece muito' no time que o surpreendeu: 'Coisa de louco'

play
Hulk reserva? Cuca revela o que disse para o atacante no ínicio de trabalho no Atlético-MG (3:00)

Treinador do Atlético-MG é o convidado do Bola da Vez dessa semana (3:00)

Cuca revelou ter se surpreendido com Hulk, que mesmo aos 35 anos mostrou profissionalismo e "fome de bola", enquanto Matías Zaracho também foi uma surpresa


Campeão da Brasileirão e da Copa do Brasil com o Atlético-MG nesta última temporada, o técnico Cuca revelou ter se surpreendido com dois nomes em especial do atual plantel do Galo. O primeiro deles o atacante Hulk, seguido pelo meia-atacante Matías Zaracho.

Em entrevista ao programa "De Placa", da "TNT Sports", o treinador revelou que o camisa 7 o surpreendeu pela "fome de bola" mesmo aos 35 anos. Já o argentino, também foi uma surpresa, uma vez que ele "não aparece muito para o jogo", mas mesmo assim teve papel fundamental ao longo da temporada.

"Tiveram algumas surpresas ali. O Hulk foi uma delas. Tem 35 anos. Normal era jogar uma, descansa outra. Ele é fominha, quer jogar, treinar no dia seguinte ao jogo. Um cara que se cuida, altamente profissional. Grata surpresa", começou por dizer.

"Zaracho é coisa de louco. Ele não aparece muito para o jogo, mas encorpa taticamente, preenche espaço, joga de ponta, segundo volante, ponta esquerda. Coringa. Foi um prazer enorme ter trabalhado", prosseguiu.

Por últiltimo, Cuca também falou da espinha dorsal que montou no time do Atlético, citando outros nomes que foram fundamentais para a conquista da "Tríplice Coroa" em 2021, incluindo também o Campeonato Mineiro.

"Fui conhecendo o Allan, que é um jogadoraço, canhoto, inteligente, saída de bola, marcação, casou com Jair, inteligente para jogar. O [Guilherme] Arana, cavalo pelo lado esquerdo, passa toda hora. Se completa e se entende com o Keno", finalizou.

Ainda em relação a Hulk e Zaracho, a dupla teve números expressivos na temporada. Enquanto o atacante marcou 36 gols e deu 13 assistências em 68 jogos, o argentino entrou em campo 58 vezes, com seis passes para gol e 13 bolas nas redes.