<
>

Conference League: Uefa cancela em definitivo jogo adiado do Tottenham, que pode ser eliminado da competição

Em comunicado, a entidade máxima do futebol europeu disse não ter encontrado uma solução viável que funcionasse tanto para os Spurs quanto para o Rennes


A partida válida pela última rodada da fase de grupos da Conference League entre Tottenham e Rennes foi cancelado em definitivo. A decisão foi tomada pela Uefa, entidade máxima do futebol europeu, dias após o compromisso ser adiado por conta de um surto de COVID-19 nos Spurs, que jogariam em casa,

Em comunicado, a Uefa afirmou que fez de tudo para buscar uma solução viável para reagendar o jogo, que inicialmente aconteceria na última quinta-feira (9), em Londres, o que garantiria que a fase de grupos da competição europeia fosse 100% concluída, uma vez que todos os demais compromissos da sexta rodada foram normalmente disputados.

Começou! Até meia-noite de domingo (12) tem Star+ Acesso Livre. Muito esporte AO VIVO, séries e filmes. Acesse agora e aproveite de graça toda a programação.

"Infelizmente, apesar de todos os esforços, não foi encontrada uma solução que funcionasse para os dois clubes. Como consequência, o jogo não pode mais ser disputado e o assunto será, portanto, encaminhado ao Órgão de Controle, Ética e Disciplina da Uefa para uma decisão a ser tomada de acordo com o Anexo J do regulamento da competição", começou por dizer a entidade no comunicado.

A Uefa ainda comunicou que, se nenhuma outra solução for encontrada pelo Órgão de Controle, Ética e Disciplina da Uefa, o Tottenham terá considerada uma derrota por 3 a 0 para o Rennes. E caso isso aconteça, os ingleses, que ocupam neste momento a terceira colocação do grupo G, com sete pontos, serão eliminados da Conference League.

"Se não for possível reagendar o jogo dentro do prazo final estabelecido no Anexo J.4.1, o clube que não pôde jogar o jogo será considerado responsável pela não realização do jogo, e o jogo será declarado pelo Órgão de Controle, Ética e Disciplinar da UEFA como perdido pelo clube, que será considerado como tendo perdido por 3-0. O Órgão Disciplinar pode tomar outras medidas disciplinares se as circunstâncias assim o justificarem", concluiu no comunicado a Uefa.

Na véspera do jogo, o técnico Antonio Conte confirmou 13 casos positivos de COVID-19 no clube, oito envolvendo jogadores e o restante entre os funcionários.

Mais tarde, o Rennes criticou a decisão, dizendo que foi tomada unilateralmente pelo Tottenham e que se reservava o direito de fazer uma apelação à Uefa.

Se quiser se classificar, o Tottenham precisa que o jogo contra os franceses seja realizado e, caso isso aconteça, precisará vencer a partida a todo custo. Neste momento, a distância para o Vitesse, segundo colocado, é de três pontos. Com um triunfo, os Spurs iriam aos mesmos 10 pontos dos holandeses e levariam a melhor no saldo de gols.

Vale lembrar que, na Conference League, os segundos colocados de cada grupo disputarão um playoff contra os terceiros colocados da fase de grupos da Europa League. Neste momento, quem vai ficando com esta vaga no grupo G é o Vitesse.

O jogo da Premier League entre Tottenham e Brighton, que seria disputado neste domingo (12), também foi adiado devido ao surto de COVID-19 nos Spurs.