<
>

Brasileiro: Em jogo de duas viradas, campeão Atlético-MG vence o Red Bull Bragantino no Mineirão

Em jogo de 7 gols, golaço de Hulk e até substituição do bandeirinha, Atlético venceu em casa antes de receber o troféu de campeão brasileiro diante da torcida


No jogo da festa pela conquista do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG venceu o Red Bull Bragantino neste domingo (5), no Mineirão, antes de receber o troféu pela primeira vez em 50 anos. O placar de 4 a 3 mostra bem o que foi a partida em Belo Horizonte.

Primeiro tempo empatado

Jogando diante da torcida, que lotou o Mineirão, o Atlético precisou de 20 minutos para abrir o placar. Keno desarmou Helinho no campo de defesa e avançou sem ser incomodado por Fabrício Bruno antes de finalizar de fora da área, no canto direito de Cleiton.

O empate do Red Bull Bragantino veio numa falha de cobertura aos 38 minutos. Artur finalizou rasteiro e Everson fez boa defesa com o pé esquerdo, mas Ytalo pegou o rebote livre na grande área e finalizou para levar a partida ao intervalo com placar de 1 a 1.

Etapa das viradas

A virada do Massa Bruta veio logo após o intervalo, aos 2 minutos da etapa final, com bela finalização de Artur. Após cobrança de escanteio, o camisa 7 finalizou de voleio na pequena área, sem a menor chance para Everson.

No entanto, o time de Bragança Paulista ficou pouco em vantagem. Aos 6 minutos, Keno fez jogada individual pela ponta esquerda e serviu Zaracho, que finalizou na área e empatou novamente o jogo no Mineirão.

A terceira virada da partida veio aos 32 minutos em boa jogada de Hulk, que saiu do banco. O atacante acertou belo passe de letra para Zaracho, que finalizou cruzado. A bola iria para fora, mas Savarino desviou na pequena área e colocou o Galo novamente em vantagem.

Hulk deixa o seu

Grande estrela do Atlético campeão, Hulk ainda deixou o seu aos 42 minutos e confirmou a vitória. O camisa 7 ganhou da defesa e finalizou com um toquinho por cima de Cleiton, marcando um golaço.

Ainda deu tempo para o Red Bull Bragantino marcar mais um, o segundo de Artur. O camisa 7 pegou rebote de Everson após finalização de Bruno Tubarão e fechou o placar da partida em 4 a 3 no último lance, antes da festa do Galo.

Substituição do bandeirinha

O segundo tempo ficou paralisado durante 8 minutos por atendimento ao assistente Sidmar dos Santos, que sentiu dores na coxa e teve de deixar o jogo aos 15. Ele foi substituído por Oberto da Silva Santos, que iniciou a partida como auxiliar do VAR.

Situação na tabela

Com a vitória, o campeão Atlético chega a 84 pontos e pode atingir os 87 na última rodada. A distância para o vice-líder Flamengo, que ainda não jogou na rodada, é de 13 pontos.

Enquanto isso, o Red Bull Bragantino segue com 53 pontos e segue na 6ª posição graças à derrota do Fluminense para o Bahia, também neste domingo.

Próximos jogos

Pela última rodada do Brasileirão, o Atlético volta a campo na próxima quinta-feira (9), visitando o Grêmio em Porto Alegre. O time gaúcho precisa vencer para não ser rebaixado para a Série B.

Também na quinta-feira, o Red Bull Bragantino joga em casa recebendo o Internacional, 10º colocado, no que pode ser um duelo direto por vaga no G6.

Ficha técnica

GOLS: Keno, Zaracho, Savarino e Keno (Atlético); Ytalo e Artur [2] (RB Bragantino)

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano, Nathan Silva (Réver), Junior Alonso e Guilherme Arana; Tchê Tchê (Alan Franco), Jair (Allan) e Nathan (Savarino); Zaracho, Keno e Diego Costa (Hulk). Técnico: Cuca

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Natan e Luan Cândido; Jadsom, Emi Martínez (Praxedes) e Artur; Helinho, Ytalo (Alerrandro) e Cuello (Bruno Tubarão). Técnico: Maurício Barbieri