<
>

Flamengo volta ao Rio, Braz fala em 'pontos de correção' e não banca Renato: 'Segunda a gente começa a decidir'

Flamengo voltou ao Rio de Janeiro, horas depois de perder o título da Libertadores para o Palmeiras em Montevidéu. Marcos Braz foi o único a falar com a imprensa.


O Flamengo desembarcou no Aeroporto Internacional do Galeão nas primeiras horas da manhã deste domingo. Derrotado na final da Conmebol Libertadores pelo Palmeiras, em Montevidéu, no Uruguai, o time evitou qualquer contato com torcedores e jornalistas.

Marcos Braz, vice-presidente de futebol rubro-negro, foi o único que atendeu a imprensa. Falou em possíveis "pontos de correção" para a próxima temporada e não bancou a permanência do técnico Renato Gaúcho - que, no Uruguai, já falou em tom de despedida.

"Não tem decisão. Está todo mundo virado, cansado. Com calma e tranquilidade vamos começar a programar. Temos uma programação a ser feita, e na segunda-feira a gente começa a decidir alguns pontos que a gente entenda que possa fazer de correção para que se acabe a temporada", afirmou o cartola.

"O que posso dizer é que o Renato tem contrato com o Flamengo até 31 de dezembro. Com calma, vamos tomar as decisões possíveis", complementou.

A previsão era de que o Flamengo chegasse às 5h20, mas houve atraso de cerca de uma hora no desembarque por conta de trâmites no aeroporto de Montevidéu, segundo a assessoria rubro-negra. O grupo desembarcou pelo terminal de cargas, mas também não haviam torcedores para receber os vice-campeões da América.

Sobre a derrota, Braz se desculpou com a torcida. "Não era o que eu queria. Peço desculpa à torcida, principalmente aos que se empenharam para ir a Montevidéu, mas vida que segue. Vamos tocar da maneira que tem que tocar."

O Flamengo volta a campo já nesta terça-feira, em casa, no Maracanã, contra o Ceará, pelo Campeonato Brasileiroa. O time é vice-líder, a oito pontos do Atlético-MG. Nas rodadas finais, a equipe ainda enfrenta Sport (fora), Santos (casa) e Atlético-GO (fora).

"Já tem treino marcado, toda uma programação feita. Não foi o resultado que queríamos e esperávamos, mas é vida que segue. Temos que fazer os ajustes que tem que fazer com calma. Faltam pouquíssimos jogos no Brasileiro. Jogos importantes para disputar, para que acabe com dignidade o Brasileiro", encerrou Braz.