<
>

Libertadores: trio de Flamengo e Palmeiras busca 3º título particular e entrada em grupo seleto histórico

Palmeiras e Flamengo decidem o título da Libertadores no próximo dia 27, em Montevidéu, e terão em campo três jogadores sonhando com o tricampeonato do maior torneio de clubes da América


Palmeiras e Flamengo disputarão no próximo sábado (27), em Montevidéu, o título da Conmebol Libertadores. Os dois clubes contam com muitos jogadores que participaram das conquistas de 2019 e 2020, mas só três dos envolvidos na final podem se dar ao luxo de entrar em um grupo histórico.

Palmeiras x Flamengo, final da Conmebol Libertadores, tem transmissão AO VIVO pelo FOX Sports e pela ESPN no Star+ no dia 27, às 17h (de Brasília).

De todos os atletas dos elencos alviverde e rubro-negro, apenas Marcos Rocha, Willian 'Bigode' e Willian Arão possuem dois títulos da Libertadores no currículo. Dependendo do resultado no Uruguai, poderão subir no ranking de campeões entre jogadores brasileiros.

Arão e Bigode fizeram parte do elenco do Corinthians campeão invicto em 2012. O atacante atuou em oito jogos da campanha, entre eles a segunda semifinal contra o Santos, enquanto o volante não entrou em campo uma vez sequer, já que a posição era dominada por Ralf e Paulinho.

No ano seguinte, em 2013, foi a vez de Marcos Rocha sagrar-se campeão da América. O lateral-direito era titular absoluto do Atlético-MG, estrelado por Ronaldinho Gaúcho, Bernard e Jô, tendo participação importante no título inédito do clube.

O bicampeonato particular de Arão foi pelo Flamengo, em 2019, já estabelecido como volante ao lado de Gerson, enquanto Marcos Rocha e Willian foram companheiros na conquista do Palmeiras em 2020, sobre o Santos, em final única no Maracanã.

Quem levar o terceiro título para casa entrará num rol que tem apenas três brasileiros: o lateral-esquerdo Ronaldo Luiz (campeão com o São Paulo em 92/93 e pelo Vasco em 98) e os meias Elivélton e Palhinha (92/93 com São Paulo e mais 97 pelo Cruzeiro).

O recordista brasileiro em títulos da Libertadores é Vitor, lateral-direito que ganhou duas vezes com o São Paulo (92/93), uma com o Cruzeiro (97) e a última com a camisa do Vasco (98). Arão, Bigode e Rocha lutam para, quem sabe, ameaçar o trono do líder na próxima temporada.