<
>

Kane atinge marca histórica e Inglaterra se classifica à Copa do Mundo com goleada incrível

Kane se tornou o terceiro maior artilheiro da história da Inglaterra, que conquistou vaga para a Copa do Mundo ao vencer San Marino por 10 a 0


A Inglaterra não deu sopa para o azar e confirmou com facilidade sua classificação para a Copa do Mundo de 2022. Campeã do mundo em 1966, a seleção inglesa precisava de um empate contra San Marino, mas venceu por 10 a 0 e carimbou o passaporte para o Catar.

Diante da modesta equipe adversária, Gareth Southgate deu oportunidade a jogadores menos aproveitados. A Inglaterra jogou com Ramsdale; Maguire (Chilwell), Coady e Mings; Alexander-Arnold, Phillips (Gallagher), Bellingham e Saka; Foden (Abraham), Smith Rowe (Stones) e Kane (James).

Chuva de gols

O primeiro tempo acabou com placar de impressionantes 6 a 0 para a seleção inglesa, muito superior em campo. Maguire, Fabbri (contra) e Kane (4) marcaram os gols – dois foram em cobranças de pênalti do atacante do Tottenham.

No segundo tempo, a equipe visitante tirou o pé e marcou ‘só’ mais quatro gols. Smith Rowe, Mings, Abraham (2) e Saka fecharam o placar da goleada em 10 a 0. Para Smith Rowe e Mings, foram os primeiros gols de cada um com a seleção.

Kane atinge marca histórica

O passeio da Inglaterra ficou marcado pela marca histórica de Harry Kane. O camisa 9 fez quatro gols e empatou com Gary Lineker na 3ª posição da artilharia de todos os tempos da seleção inglesa com 48 gols. Ele fica atrás apenas de Bobby Charlton (49) e Wayne Rooney (53).

A data Fifa de novembro foi uma grande oportunidade para Kane subir na artilharia do English Team. O atacante marcou três gols diante da Albânia na última sexta-feira (12) e somou sete gols nos últimos dois jogos pela Inglaterra.

Inglaterra classificada

Com a vitória em Serravalle, a seleção inglesa está classificada para a Copa do Mundo de 2022. O time de Southgate chegou a 26 pontos e confirmou a liderança do Grupo I das Eliminatórias, empurrando a vice-líder Polônia para a repescagem.

Enquanto isso, a seleção de San Marino encerra a participação sem somar pontos e na lanterna da chave. Foram 10 derrotas em 10 partidas, com um gol marcado e 42 sofridos, saldo de incríveis -41.