<
>

Mönchengladbach atropela Bayern com goleada histórica e elimina o gigante da Copa da Alemanha

Bayern foi atropelado pelo Borussia Mönchengladbach, perdeu por 5 a 0 com péssima atuação da defesa e está eliminado da Copa da Alemanha


Irreconhecível, o Bayern de Munique sofreu sua primeira goleada em mais de um ano diante do Borussia Monchengladbach. Pela segunda fase da Copa da Alemanha, o time de Lewandowski, Neuer e companhia foi derrotado por 5 a 0 e está eliminado da competição.

Foi a primeira goleada sofrida pelos bávaros desde setembro de 2020. Na ocasião, o Hoffenheim não tomou conhecimento do eventual campeão alemão e venceu por 4 a 1 em casa.

Começo avassalador

Aproveitando um início de jogo muito abaixo do Bayern, o Mönchenglabach abriu a contagem com um minuto de jogo. Koné recuperou a bola no campo de ataque, fez jogada com Embolo e finalizou no canto de Neuer na área.

Aos 14, o buraco do Bayern aumentou. Após troca de passes envolvente, Scally cruzou rasteiro para Bensebaini, que finalizou na área de frente para Neuer e ampliou a vantagem, em resultado justo pelo desempenho dos times.

Pouco depois, aos 19, o árbitro marcou pênalti de Lucas Hernández por pé alto em disputa com Embolo. Bensebaini cobrou com frieza absurda, deixando Neuer de joelhos, e abriu incríveis 3 a 0 para o Mönchengladbach em 20 minutos.

Vitória vira goleada

No segundo tempo, apenas os lados dos times mudaram. O Mönchengladbach continuou no ataque e ampliou a vantagem com Embolo, que aproveitou mais uma bobeada da zaga para finalizar no canto de Neuer. O próprio Embolo marcou o quinto gol contando com mais erro na saída de bola.

Foi bem: Breel Embolo

O centroavante do Mönchengladbach foi uma presença intimidadora em meio aos zagueiros do Bayern. Ele participou de dois gols no primeiro tempo e marcou duas vezes na etapa final antes de ser substituído sob aplausos da torcida.

Foi (muito) mal: defesa do Bayern

A defesa bávara teve um jogo para ser esquecido, com destaque para a dupla de zaga. Lucas Hernández e Dayot Upamecano, que faz aniversário de 23 anos nesta quarta-feira, estavam completamente fora de sintonia e cometeram vários erros crassos.

Os laterais também não estavam em boa noite. Benjamin Pavard não comprometeu, mas Alphonso Davies, voltando de lesão, foi engolido pelo ataque do Mönchengladbach. Mesmo sofrendo 5 gols, Manuel Neuer foi um dos melhores do Bayern em campo.

Próximos jogos

O Bayern tenta se recuperar da goleada neste sábado (30), visita o Union Berlin tentando manter a liderança do Campeonato Alemão.

Animado com a vitória impressionante sobre o gigante alemão, o Mönchengladbach entra em campo no domingo (31), quando recebe o Bochum tentando subir na tabela da Bundesliga. No momento, a equipe está na 12ª posição.

Ficha técnica

GOLS: Koné, Bensebaini (2) e Embolo (2) (Borussia Mönchengladbach)

BOR. M'GLADBACH: Sommer; Ginter, Elvedi e Beyer; Scally (Herrmann), Zakaria, Koné e Bensebaini; Hofmann (Neuhaus), Stindl (Pléa) e Embolo (Thuram). Técnico: Adi Hütter

BAYERN: Neuer; Pavard, Upamecano (Süle), Hernández e Davies (Coman); Kimmich, Goretzka (Tolisso), Gnabry (Stanisic) e Sané; Müller e Lewandowski. Técnico: Dino Toppmöller (interino)