<
>

Messi 'maior' que o PSG e ligações de rivais: Brasileiro do Nantes revela bastidores de contratação do argentino na França

play
Fábio coloca Messi e Cristiano Ronaldo como melhores da história e revela bastidores da chegada do argentino ao PSG (2:13)

Jogador chegou a citar Ronaldo Fenômeno como bom candidato pra vaga de melhor da história | Assista ao melhor do futebol pela ESPN no Star+ (2:13)

Fábio, do Nantes, conversou com o ESPN.com.br, elogiou a chegada de Messi ao PSG para a Ligue 1 e revelou que presidentes de outros clubes ligaram para Al-Khelaifi para parabenizá-lo e agradecê-lo pela contratação do argentino.


A chegada de Lionel Messi ao Paris Saint-Germain chocou o mundo da bola na última janela de transferências, por conta de sua relação de amor com o Barcelona e pela rapidez que se deu a negociação.

PSG x Angers tem transmissão ao vivo pela ESPN no Star+ nesta sexta-feira (15), às 16h (de Brasília).

Para o Campeonato Francês, a chegada do argentino também foi algo bom, até mesmo para os rivais do poderoso clube da capital. Em entrevista ao ESPN.com.br, o lateral Fábio, atualmente no Nantes, revelou que presidentes de outros clubes ligaram para Nasser Al-Khelaifi após a chegada do argentino.

“Quando ele (Messi) chegou, claro que rolaram comentários. Na verdade, os presidentes dos times daqui ligaram para o presidente do Paris Saint-Germain agradecendo e tudo. Trazer o Messi para cá, se for ver o PSG no Instagram tinha 20 milhões de seguidores, foi para 45 milhões. Não quero falar isso, mas o Messi é ‘maior’ que o PSG. Imagina trazer um jogador desses para a liga francesa, que todo mundo fala que é a quinta maior do mundo”, disse.

“É muito importante, até pela situação financeira que ainda está crescendo, mídia e tudo mais. Não sei se vai ser fácil para o Messi, que jogou o tempo inteiro no Barcelona, nunca saiu do Barcelona. A mudança pode causar uma diferença, uma adaptação. Não adianta, o Messi é craque, mas pode causar uma mudança mentalmente para a pessoa. E, para mim, o futebol, se você não estiver bem mentalmente, difícil estar bem dentro de campo”, completou.

Ex-Manchester United, o lateral ainda relembrou do período em que jogou ao lado de Cristiano Ronaldo, colocando o português e o argentino como os dois maiores jogadores de todos os tempos.

“Meu maior ídolo é o Ronaldo Fenômeno, mas, muitas pessoas, principalmente os mais velhos, podem reclamar, os melhores da história para mim são Messi e Cristiano Ronaldo”, afirmou.

“Muitos vão falar que não ganharam Copa do Mundo, mas para mim não faz diferença, são os dois maiores da história. Eu pude jogar com um e contra o outro, para mim, é uma honra enorme ter feito isso”, finalizou.