<
>

São Paulo faz nova reunião por Benedetto, agenda outra e fica mais confiante em fechar negócio

O São Paulo teve nova reunião nesta segunda-feira (26) e avançou alguns passos na difícil negociação para contratar o atacante Darío Benedetto, do Olympique de Marselha, por empréstimo de um ano. E após o encontro, o entendimento da cúpula de futebol tricolor é o de que está "mais confiante" em fechar o negócio, apurou a ESPN Brasil.

Pelo menos três motivos levam a este ânimo: o acerto já feito com o clube francês e o jogador argentino, como revelou a reportagem na última quarta-feira (21), a vontade do atleta em atuar no Brasil e a saída de cena de um rival que poderia atrapalhar bastante toda a evolução feita até agora: o Valencia.

A equipe espanhola tinha interesse no jogador de 31 anos, mas o mesmo não avançou após alguns contatos iniciais.

Outro ponto positivo é que o São Paulo já até marcou novo encontro para esta terça-feira (27) com envolvidos nas tratativas.

O desejo do grupo que comanda o futebol tricolor é bater o martelo e ter Benedetto à disposição para as quartas de final da Conmebol Libertadores, contra o Palmeiras, contra o qual o atacante já brilhou quando defendia o Boca Juniors, mas há o consenso de que dificilmente o negócio seja fechado antes do próximo final de semana.

Apesar do otimismo e de avaliar que seguem sendo apenas detalhes que impedem o acerto, o clube paulista continua tratando o assunto, também como informado no último dia 21, com bastante cautela, dada a complexidade da operação.

Preencher lacuna importante

Fechar com Benedetto é suprir uma das principais necessidades do elenco tricolor, o ataque, uma vez que Eder tem sofrido com lesões recorrentes, Pablo não tem correspondido e Vitor Bueno, testado como centroavante pelo técnico Hernán Crespo, também não deu conta do recado - foi titular na goleada por 5 a 1 sofrida para o Flamengo, domingo (25), e de novo não agradou.

Rigoni, outro argentino e recém-chegado, é quem mais tem se destacado no setor. O jovem Marquinhos, de apenas 18 anos, foi bem contra o Racing no 3 a 1 da semana passada e voltou a ser titular diante dos cariocas, pelo Campeonato Brasileiro, mas ainda precisa amadurecer bastante.

Benedetto jogou no Boca Juniors de 2016 a 2019, quando foi vendido por R$ 70 milhões (valores da época) para o time de Marselha, atualmente comandado pelo argentino Jorge Sampaoli.

Ele participou de 41 jogos da equipe na temporada 2020-2021 e fez 6 gols, mas na reta final, ao menos, acabou sendo apenas opção no banco de reservas, entrando sempre nos minutos derradeiros. Seu vínculo com o Olympique vai até 30 de junho de 2023.