<
>

Eurocopa: Alemanha se livra de 'zebra', arranca empate com a Hungria em Munique e pega a Inglaterra nas oitavas

Nesta quarta-feira (23) a Alemanha se classificou no sufoco para as oitavas da Eurocopa 2020. Jogando em casa, na Allianz Arena, em Munique, os alemães empataram em 2 a 2 com a Hungria, pelo terceiro e último jogo do grupo F, e avançaram para o mata-mata na segunda colocação.

A Hungria abriu o placar logo aos 11 minutos do primeiro tempo com Ádám Szalai. Havertz deixou tudo igual no segundo tempo, aos 21 minutos, mas os húngaros voltaram a ficar na frente do placar dois minutos depois, fazendo o 2 a 1.

Porém, aos 39 minutos, Leon Goretzka foi o herói da Alemanha e voltou a deixar tudo igual, fazendo o 2 a 2 e garantindo a classificação mesmo com o empate.

A Alemanha, pela quarta edição consecutiva, avançou para as oitavas da Euro. A última vez que tinha sido eliminada ainda na fase de grupos foi em 2004, em Portugal.

Vale lembrar que, ao lado da Espanha, os alemães são os maiores vencedores da competição com três conquistas.

A Hungria, por sua vez, não conseguiu repetir a campanha de 2016, quando avançou pela primeira vez na história às oitavas, e voltou a ser eliminada ainda na fase de grupos.

A partida também foi marcada por protestos em Munique. Após a Uefa recusar o pedido da prefeitura da cidade para iluminar o Allianz Arena com as cores da comunidade LGBT para o compromisso, muitos dos torcedores presentes levaram bandeiras com as cores do arco-íris.

Em nota, a Uefa se justificou dizendo que a iluminação do estádio seria um ato político e por isso rejeitou a decisão.

O pedido de iluminação do estádio foi ocasionado pela aprovação de uma lei que proíbe a “promoção” da homossexualidade na Hungria. E durante o hino húngaro, também foi possível ouvir algumas vaias, além da invasão de um torcedor alemão, que entrou no gramado carregando uma bandeira do arco-íris.

Classificação do Grupo F definida!

França, com cinco pontos, e Alemanha, com quatro, avançaram como primeiro e segundo colocados do grupo, respectivamente.

Portugal, também com quatro pontos, ficou com a terceira e última vaga do grupo, já que foi um dos quatro melhores terceiros colocadas da fase de grupos.

Sobrou para a Hungria, que com o empate e apenas dois pontos somados no grupo F, acabou eliminada.

Nas oitavas, enquanto a Alemanha enfrenta a Inglaterra, a França pega a Suíça. Já Portugal, terá pela frente a Bélgica na próxima fase.

O cara: Ádám Szalai

O experiente atacante de 33 anos foi o grande destaque da partida, apesar do resultado negativo para a Hungria. Além de ter marcado o primeiro gol, abrindo o placar em Munique, participou da jogada e deu assistência para o segundo gol, de Schäfer.

Foi mal: Leroy Sané

Pouco eficiente na partida, o meia-atacante da Alemanha falhou no lance do segundo gol da Hungria e não conseguiu impedir o avanço de Schäfer dentro da área, que logo em seguida ampliou para os rivais.

Próximos jogos

A Alemanha volta a campo na próxima terça-feira (29) pelas oitavas e encara a Inglaterra no Estádio de Wembley, em Londres.

Já os húngaros, eliminados, agora só volta a campo no início de setembro, pelas eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2022 no Catar.

FICHA TÉCNICA

Alemanha 2 x 2 Hungria

GOLS: Hungia: Ádám Szalai (11') e Schäfer (68') ; Alemanha: Havertz (66') e Goretzka (84')

ALEMANHA: Neuer; Ginter (Volland), Hummels e Rüdiger; Kimmich, Gündogan (Goretzka), Kroos, Gosens (Musiala), Havertz (Werner) e Leroy Sané; Gnabry (Müller). TÉCNICO: Joachim Löw.

HUNGRIA: Gulácsi; Négo, Botka, Szalai e Fiola (Nikolics); Kleinheisler (Lovrencsics), Nagy e Schäfer; Sallai (Schön) e Ádám Szalai (Varga). TÉCNICO: Marco Rossi.