<
>

City garante melhor campanha da sua história, e Guardiola volta à final da Champions após 10 anos

play
Manchester City conta com Mahrez inspirado, bate o PSG mais uma vez e está na final da Champions; veja como foi (0:45)

Argelino marcou os dois tentos na vitória por 2 a 0 sobre os franceses na Inglaterra (0:45)

O Manchester City é o primeiro finalista da temporada 2020-21 da Champions League. Nesta terça-feira, no Etihad Stadium, o time inglês venceu o PSG por 2 a 0 no duelo de volta da semifinal. Na ida, a equipe britânica havia também vencido o PSG, mas por 2 a 1.

A equipe de Manchester chega assim à primeira final de Champions League de sua história. Antes da compra do clube por Mansour bin Zayed Al Nahyan, que injetou dinheiro e transformou o City em potência, o time havia participado da Champions uma única vez, na edição de 1968-69.

Desde 2011, o City participa de todas as Champions e havia tido como melhor resultado a semifinal em 2015-16.

E a primeira campanha na final não poderia ser mais emblemática, com 11 vitórias e apenas um empate em 12 jogos até chegar à decisão, marcando 25 gols e levando apenas 4.

A vaga na decisão da Champions também coroa o trabalho de Pep Guardiola, que está no City desde 2016 e ainda tem na competição europeia o seu maior objeto de desejo pelo clube.

Guardiola foi campeão da Champions em 2009 e 2011 com o Barcelona. Mas desde então, não havia mais chegado à final com o Barça, Bayern de Munique e o próprio City.

Na grande final, o City aguarda o vencedor do duelo entre Real Madrid e Chelsea, que jogam nesta quarta-feira, para saber quem será seu adversário na final do dia 29 de maio, em Istambul.

Na ida, em Londres, empate por 1 a 1 entre Blues e o Madrid.