<
>

Palmeiras: New York City diz que não venderá Castellanos mesmo após pedido de atacante para não jogar

O New York City FC está determinado a fazer jogo duro para não deixar o atacante Valentín Castellanos se transferir para o Palmeiras.

O clube paulista está interessado no jogador argentino, que até comunicou à diretoria do New York que não deseja continuar nos Estados Unidos.

Ele gostaria de ser liberado para atuar pelo Palmeiras, que tem pronta uma proposta de US$ 4 milhões, cerca de R$ 22,2 milhões, conforme apurado pelo ESPN.com.br.

Mas o valor ou a vontade de Castellanos não mexem com os planos do New York. O time americano entende que só conta com o argentino para a função de atacante, já que o brasileiro Heber ainda se recupera de uma lesão grave no joelho e não tem data prevista para retornar.

"O New York City FC não está surpreso por ter recebido uma boa oferta pelo jogador nessa janela, mas ele não será vendido", disse uma fonte à ESPN. "Eles [dirigentes] consideram Castellanos um importante jogador para o time. Precisam dele e vão segurá-lo".

Castellanos melhorou muito seu desempenho desde que chegou à MLS, em 2018. Após marcar só um gol na primeira temporada, o jogador foi comprado em definitivo e anotou 11 tentos em 2019, além de sete assistências.

Depois, fez outros seis gols e deu mais três passes decisivos durante a campanha de 2020, encurtada pela pandemia de COVID-19. Atualmente, Castellanos soma duas bolas na rede em dois jogos. Seu contrato vai até dezembro de 2022.

Apesar de ser argentino, Castellanos iniciou a carreira na Universidad Católica, do Chile. Apontado como um dos bons prospectos do futebol albiceleste, ele também defende a seleção sub-23 da Argentina desde 2020.