<
>

Libertadores: Inter estreia com derrota por 2 a 0 para o Always Ready graças a 'golaço de altitude'

O Inter começou mal sua caminhada na Conmebol Libertadores. Nesta terça-feira, a equipe gaúcha sofreu com a altitude de La Paz e perdeu por 2 a 0 para o Always Ready, no Hernando Silles, pela 1ª rodada do grupo B.

Com o resultado, o Colorado fica na lanterna da chave, enquanto os bolivianos assumem a 1ª colocação.

No 2º posto, aparece o surpreendente Deportivo Táchira-VEN, que, também nesta terça, ganhou por 3 a 2 do Olimpia-PAR, na Venezuela.

Em campo, o Always Ready já apresentou sua arma principal na partida logo aos 2 minutos.

Em descida pela direita, Machado disparou um míssil, mas Marcelo Lomba fez defesa espetacular e salvou o Colorado.

Os bolivianos seguiram melhores durante praticamente toda a etapa inicial, criando ótimas chances para abrir o placar.

Aos 13, Ramallo desceu pela direita e cruzou para trás. Sanguinetti bateu forte, e a bola tirou tinta da trave.

Depois, aos 22, Ovejedo recebeu excelente cruzamento da esquerda e cabeceou forte, mas Lomba conseguiu segurar sem dar rebote.

Até o fim do 1º tempo, o Always Ready se manteve superior, e o técnico Miguel Ángel Ramírez não gostou nada da atuação da equipe gaúcha.

Prova disso é que ele voltou com duas mudanças do intervalo: saíram Caio Vidal e Palacios, entraram Lucas Ribeiro e Yuri Alberto.

Mas o Inter seguiu deixando o time da casa bater seguidamente de fora da área, e os bolivanos aproveitaram.

Aos 8, Saucedo mandou uma paulada de longe, a bola pegou enorme velocidade no ar rarefeito e entrou na gaveta de Lomba.

Um GOLAÇO típico dos 3.640m sobre o nível do mar de La Paz!

Ramírez seguiu muito insatisfeito com a equipe, e deu uma prova cabal disso aos 24, quando tirou Lucas Ribeiro, que havia entrado no intervalo, e colocou Nonato.

Mesmo claramente sentindo os efeitos do ar rarefeito em La Paz, o Inter tentou buscar o empate usando também os chutes de longe.

Aos 30, Yuri Alberto bateu bonito da risca da grande área, mas a bola caprichosamente explodiu no travessão de Lampe.

Mas a reação colorada parou por aí, e o Always Ready aproveitou o cansaço dos brasileiros para fazer o 2º gol no último lance.

Em contra-ataque, Algarañaz recebeu ótimo passe e concluiu forte, alto, com precisão, para fazer 2 a 0 e selar o destino do Internacional.

Ficha técnica

Always Ready 2 x 0 Internacional

GOLS: Always Ready: Saucedo e Algarañaz

ALWAYS READY: Lampe; Cummings, Cabrera e Flores; Ramallo, Machado (Enoumba), Arce (Galindo), Saucedo e Vander (Rodríguez); Sanguinetti (Mosquera) e Ovejero (Algarañaz) Técnico: Omar Asad

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Heitor, Zé Gabriel, Cuesta e Moisés (Rodinei); Rodrigo Dourado, Edenílson (Praxedes) e Maurício; Caio Vidal (Lucas Ribeiro) (Nonato), Palacios (Yuri Alberto) e Thiago Galhardo Técnico: Miguel Ángel Ramírez

Estatísticas

O Always Ready teve 55% de posse de bola no 1º tempo

O Always Ready finalizou 12 vezes no 1º tempo, contra 6 do Inter

Marcelo Lomba fez 4 defesas difíceis para o Inter no tempo

gol de Saucedo em 2 jogos pelo Always Ready na temporada

gol de Algarañaz em 5 jogos pelo Always Ready na temporada

O Always Ready terminou o jogo com 21 finalizações, contra 10 do Inter

vitória do Always Ready em uma Conmebol Libertadores


Classificação

GRUPO B
1.
Always Ready-BOL: 3 pontos
2. Deportivo Táchira-VEN: 3 pontos
3. Olimpia-PAR: 0 ponto
4. Internacional: 0 ponto


Próximos jogos

As equipes voltam a campo nos próximos dias.

  • Sábado, 24/04, 16h*, Oriente Petrolero x Always Ready, Boliviano

  • Sábado, 24/04, Internacional x Esportivo, Gauchão**

*horário de Brasília

**horário a definir