<
>

Goiás: Rafael Moura chega ao 6º rebaixamento na carreira e faz desabafo após queda com o clube: 'Pior sentimento possível'

O Goiás teve o sexto rebaixamento decretado neste domingo. O Esmeraldino empatou sem gols com o RB Bragantino e não tem mais chances de deixar a zona de rebaixamento na última rodada.

Após a partida, em entrevista ao Premiere, o atacante Rafael Moura desabafou sobre a queda do Esmeraldino. Emocionado, o experiente jogador pediu desculpas à torcida e disse que fica o gosto de quase ter garantido a permanência.

"Pior sentimento possível. Não sei nem o que falar, é difícil. Por tudo que passei esse ano, a luta, o clube. Pedir desculpa e perdão ao torcedor, aos nossos funcionários. Foi um 1° turno muito abaixo, a gente conseguiu quase um milagre. Fica a sensação de que a gente poderia ter conseguido.", começou por afirmar.

Em seguinda, He-Man destacou a grandeza do Goiás e afirmou que, agora, o clube deve pensar em se planejar para retornar à Série A.

"Pensar no planejamento para retornar. É difícil falar hoje, mas o Goiás é muito grande para passar por tudo que passou. Se não fosse os jogadores se fecharem, a gente já teria caído há muito tempo", concluiu.

Rafael Moura somou mais um rebaixamento em sua carreira. Nos pontos corridos do Brasileirão, o atacante chegou ao sexto. Veja abaixo:

  • Vitória (2004)

  • Paysandu (2005)

  • Goiás (2010)

  • Figueirense (2016)

  • América-MG (2018)

  • Goiás (2020)

Rafael Moura tem contrato com o Goiás até 28 de fevereiro de 2021. Na Série B, o Esmeraldino terá a companhia de Coritiba e Botafogo. Na última rodada, o clube alviverde enfrentará o Vasco, em São Januário.