<
>

Técnico do PSG confirma lesão de Neymar, mas não se arrepende de tê-lo escalado antes de 'decisão' na Champions

O PSG entrou em campo nesta terça (10) para encarar o Caen pela fase 32 avos da Copa da França e se classificou. No entanto, ganhou uma preocupação grande para a partida contra o Barcelona, pelas oitavas de final da Uefa Champions League. Neymar deixou o campo no início da segunda etapa após entrada dura.

Aos 10 minutos da segunda etapa, após sucessivas entradas duras, Neymar foi derrubado pelo também brasileiro Yago e ficou caído no campo com muitas dores. Três minutos depois, deixou o gramado antes mesmo da substituição acontecer e deixou o PSG com 10 em campo.

Em entrevista coletiva após a partida, Mauricio Pochettino anunciou que Neymar teve um problema no adutor da coxa, mas que ainda passará por exames para saber a gravidade da lesão.

"Ele saiu machucado, afetado no adutor, vai ser examinado amanhã para ver que tipo de lesão ele tem. A realidade é que não sabemos a extensão da lesão, saberemos mais amanhã, não temos os exames não poderemos falar mais. Não há arrependimento de ter feito o Neymar jogar. Ele estava em condições de jogar. São coisas que acontecem", disse o treinador.

Sobre a possibilidade de Neymar desfalcar o PSG na partida contra o Barcelona pela Champions, Pochettino deixou em aberto.

"É difícil saber agora, veremos amanhã com o médico, por enquanto é difícil dizer. Ele pode estar lá na próxima semana? Preciso de mais informações. Ele está afetado nos adutores? Sim".