<
>

'Futuro craque' do City, Foden revê colega de título mundial sub-17 que ainda tenta 'explodir' no Swansea

Dois amigos posam sorridentes com troféus nas mãos, camisas do avesso a fim de mostrar seus nomes ao mundo e ansiosos pelo futuro brilhante que, é claro, estava logo à frente. Era 28 de outubro de 2017, e a Inglaterra acabara de ser campeã mundial sub-17 ao golear a Espanha por 5 a 2 em Calcutá, na Índia.

Quarenta meses depois, os amigos provavelmente estarão frente a frente novamente nesta quarta-feira (10), pela quinta fase da Copa da Inglaterra. Uma pena que as circunstâncias são completamente diferentes daquela conquista histórica.

Um dos amigos é Phil Foden, meia de 21 anos, candidato a "novo craque" do Manchester City de Pep Guardiola e super-exaltado após fechar, com belo gol, o atropelo da sua equipe contra o Liverpool, em Anfield, no domingo (7), na Premier League.

O outro é Joel Latibeaudiere, que provavelmente você, internauta, nunca ouviu falar. Com a mesma idade de Foden, o zagueiro está longe do estrelato do ex-companheiro. Ao contrário, tenta é recuperar o tempo perdido no futebol após um começo de carreira nada animador.

Capitão daquela seleção inglesa sub-17, Latibeaudiere era mais uma promessa da "geração de ouro" do City, que tinha também Foden, Jadon Sancho, hoje no Borussia Dortmund, e Brahim Díaz, vendido ao Real Madrid.

Só que, diferentemente dos colegas, o zagueiro não explodiu. Sofreu uma grave lesão nos ligamentos do joelho, em 2018, e deixou o City sem atuar uma vez sequer com Pep Guardiola no time de cima. Foi emprestado ao Twente, onde atuou seis jogos, e depois liberado de graça ao Swansea.

Latibeaudiere estreou no time galês em dezembro e disputou apenas quatro partidas, a última em 23 de janeiro, pela Championship, a segunda divisão do futebol inglês. Está à disposição para o duelo contra o City, no possível reencontro com Foden.

O técnico do Swansea é Steve Cooper, que dirigiu a Inglaterra naquela Copa do Mundo da Índia, em 2017. Viu de perto o nascer dessa geração, tentou conseguir Foden emprestado (negociação que Guardiola vetou) e sabe o quanto Latibeaudiere pode ser útil.

Basta ter uma sequência de jogos, coisa que outros daquela geração tiveram.