<
>

Barcelona detalha dívidas com outros clubes e tem mais de R$ 212 milhões a pagar para brasileiros; veja tudo

play
Futebol ou carnaval? Ronaldinho entra em saia justa no Barcelona e responde 'perguntas impossíveis' (2:53)

Astro entrou na brincadeira e se divertiu com as decisões (2:53)

O Barcelona convive com críticas ao elenco, e a constante busca por reforços desde a chegada de Ronald Koeman ao clube. A posição dos dirigentes é de que os cofres já não têm fôlego para investir na chegada de nomes que envolvam cifras gigantes. E isso ficou mais claro com a divulgação de balanços financeiros.

Os catalães detalharam as dívidas vigentes de curto e longo prazo nas contratações realizadas nos últimos anos, e que ainda estão pendentes. Destes, quatro clubes do Brasil têm valores pendentes com os europeus: Grêmio, Atlético-MG, Palmeiras e São Paulo.

Ao todo, as dívidas do Barcelona com brasileiros chegam a 32.181 milhões de euros (cerca de R$ 213 milhões). A mais alta delas tem como credor o Grêmio, ainda pela saída de Arthur (que hoje já está na Juventus) ao Barça. O cofre do Imortal ainda receberá 21.496 milhões de euros (R$ 142,7 milhões) pela transferência do volante.

Já o Atlético-MG está à espera da quantia pela negociação envolvendo o jovem lateral Emerson, que está emprestado ao Betis.

Além dos 6 milhões de euros (cerca de R$ 39,8 milhões) que serão repassados ao Galo, o Barcelona ainda pagará 330 mil euros (2,2 milhões) ao São Paulo, pela clausula de solidariedade da Fifa, pelo jogador ter passagem nas categorias de base do Tricolor.

O Palmeiras também faz parte da fila de pagamento dos espanhóis pela transferência de Matheus Fernandes, com 4.642 milhões de euros (R$ R$ 30,8 milhões) pendentes pela negação.

play
2:53

Futebol ou carnaval? Ronaldinho entra em saia justa no Barcelona e responde 'perguntas impossíveis'

Astro entrou na brincadeira e se divertiu com as decisões

Além das pendencias com equipes do Brasil, o Barcelona acumula dívidas por outras negociações envolvendo jogadores brasileiros. O maior passivo do clube sobre isso é com o Liverpool, ainda pela compra de Philippe Coutinho, que ainda custará parcelas que somam 69.254 milhões de euros (R$ 459,7 milhões).

Além do meia, negociações por outros três brasileiros aparecem entre as dívidas dos catalães: 20.005 milhões de euros ao Bordeaux (FRA) pelo atacante Malcom, 19.500 milhões de euros para o Valencia pelo goleiro Neto e 7.000 milhões de euros para a Juventus pelo meia Matheus Pereira, que integra o Barcelona B.