<
>

Brasileiro: São Paulo empata com o Coritiba no Morumbi, não recupera liderança e pode cair para 3º

O São Paulo aprofundou de vez a sua crise. Neste sábado, o Tricolor empatou por 1 a 1 com o Coritiba, no Morumbi, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, e segue sem ganhar um jogo sequer desde o início de 2021.

Com o resultado, o time de Fernando Diniz, que foi atacado por vândalos antes da partida enquanto se deslocava ao estádio, vai a 58 pontos e não consegue recuperar, ao menos por algumas horas, a liderança da Série A, permanecendo no 2º posto.

Agora, o São Paulo "seca" o Internacional, que tem 59 pontos e enfrenta o rival Grêmio neste domingo, às 16h (de Brasília), no Beira-Rio.

O clube do Morumbi terá também que torcer contra o Flamengo, que visita o Athletico-PR, também às 16h do domingo. Se ganhar, o Mengão rouba a vice-liderança e derruba o Tricolor para 3º.

Já o Coxa segue em situação complicadíssima na tabela: com apenas 27 pontos, está no 18º posto e cada vez mais perto do rebaixamento.

Em campo, o 1º tempo foi sonolento, com as duas equipes cometendo muitos erros e pecando nas raras conclusões a gol.

Bastante defensivo, o time paranaense desperdiçou sua melhor oportunidade em uma cabeçada de Matheus Galdezani, que levou perigo a Tiago Volpi.

O Tricolor, por sua vez, quase abriu o placar aos 44, quando Daniel Alves recebeu na marca do pênalti, girou e bateu fraco, nas mãos de Wilson.

Na volta do intervalo, Nathan Fogaça teve chance claríssima para o Coxa aos 2 minutos, mas foi muito bem parado por Volpi.

O São Paulo, porém, melhorou com a entrada de Pablo no lugar de Brenner no ataque, e inaugurou o placar justamente em uma boa jogada de seu camisa 9.

Aos 14, Pablo recebeu de Reinaldo, fez bom pivô e ajeitou para Luciano fuzilar com um ótimo tiro cruzado, balançando as redes.

O lance animou o time da casa, que quase liquidou aos 25: Vitor Bueno acionou Pablo, que bateu cruzado e parou em grande defesa de Wilson.

Sem alternativas, o Coritiba foi para cima com tudo, colocando Neílton, Ricardo Oliveira, Sarrafiore e o jovem Pablo Thomaz.

E funcionou: aos 36, Ricardo Oliveira deu bom passe para Sarrafiore, que aproveitou o espaço dado por Arboleda e finalizou muito bem para empatar.

Curiosamente, Sarrafiore está no Coxa emprestado pelo Internacional, principal rival são-paulino na briga pela taça.

Com o tento, aliás, o argentino encerrou um longo jejum: ele não marcava desde 17 de outubro de 2019.

E, assim, a partida terminou empatada em 1 a 1, num péssimo resultado para Fernando Diniz e seus comandados.

Ficha técnica

São Paulo 1 x 1 Coritiba

GOLS: São Paulo: Luciano Coritiba: Sarrafiore

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran (Toró), Bruno Alves (Vitor Bueno), Arboleda e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes (Igor Vinícius); Luciano e Brenner (Pablo) Técnico: Fernando Diniz

CORITIBA: Wilson; Natanael, Nathan Ribeiro, Henrique Vermudt e Jonathan; Nathan Silva (Pablo Thomaz), Hugo Moura, Matheus Galdezani (Matheus Bueno), Luiz Henrique (Sarrafiore) e Rafinha (Neílton); Nathan Fogaça (Ricardo Oliveira) Técnico: Júlio Sérgio (interino)

Estatísticas

O São Paulo teve 64% de posse de bola no 1º tempo

O São Paulo finalizou 9 vezes no 1º tempo, contra 4 do Coritiba

17º gol de Luciano em 32 jogos pelo São Paulo na temporada

14º gol de Luciano pelo São Paulo no Campeonato Brasileiro

gol de Sarrafiore em 11 jogos pelo Coritiba na temporada

O São Paulo terminou o jogo com 64% de posse de bola

O São Paulo terminou o jogo com 18 finalizações, contra 10 do Coritiba

O São Paulo fez 2 pontos de 15 possíveis nas últimas rodadas

jogo seguido sem vitória do São Paulo


Classificação

- São Paulo: 2º lugar, com 58 pontos
- Coritiba: 18º lugar, com 27 pontos


Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo nos próximos dias, pelo Brasileirão.

  • Domingo, 31/01, 16h*, Coritiba x Grêmio

  • Domingo, 31/01, 16h*, Atlético-GO x São Paulo

*horário de Brasília