<
>

Barcelona: Koeman abusa da sinceridade e implora por reforços: 'Estamos com falta de atletas'

O técnico do Barcelona, Ronald Koeman, esbanjou sinceridade neste sábado e praticamente implorou pela chegada de reforços ainda na atual janela de janeiro.

Em coletiva prévia ao jogo contra o Elche, no domingo, o holandês argumentou que o plantel blaugrana é curto, e que está passando por dificuldades para disputar LaLiga, Copa do Rei e Champions.

No entanto, Koeman também reconheceu que a situação econômica do Barça é complicada, e garantiu que entenderá se ninguém for contratado.

"Estamos com falta de jogadores, e precisamos de uma maior competição em algumas posições", disparou.

"Sei que tudo depende da situação econômica do clube, não sou eu que decido. Mas tampouco tenho opinião totalmente diferente da sua [repórter que questionou sobre elenco curto]. Se não pudermos contratar, aceito e seguiremos como estamos... Mas claro que queremos mais, claro que queremos melhorar as coisas aqui", acrescentou.

Na coletiva, o treinador também se irritou e disse estar farto de responder perguntas sobre Luis Suárez.

Por decisão do técnico a da diretoria, o uruguaio foi praticamente "doado" ao Atlético de Madrid, que lidera LaLiga com ótima vantagem muito graças aos 11 gols em 18 jogos do veterano.

"Não gosto de ficar respondendo sobre esse tema. Só há perguntas sobre isso quando ele faz gols...", ironizou - na última rodada do Espanhol, Suárez fez um doblete e comandou a vitória de virada sobre o Eibar.

"É um grande jogador, mas foi uma decisão que tomamos com o clube e já está feita... Eu desejo a ele toda a sorte do mundo. Tomara que ele siga bem e que a gente siga bem", finalizou.

No lugar do uruguaio, o Barcelona ficou com Braithwaite como centroavante principal para o elenco.

O dinamarquês, porém, soma só 6 gols em 21 partidas na temporada até o momento.