<
>

Jorge Jesus já perdeu mais títulos em quase seis meses no Benfica do que em toda passagem pelo Flamengo

Jorge Jesus chegou ao Benfica com o peso de uma passagem vencedora em pouco mais de um ano no Flamengo, incluindo a conquista da Conmebol Libertadores em 2019. O retorno a Portugal, porém, não tem sido dos melhores.

Nesta quarta-feira (20), o treinador amargou sua terceira eliminação em mata-mata pelos Encarnados e superou, em menos de uma temporada, o número de torneios perdidos pelo Rubro-Negro carioca.

No time de Gabigol, Bruno Henrique e cia, o português só saiu derrotado da Copa do Brasil, quando foi eliminado para o Athletico-PR nas quartas de final, e do Mundial de Clubes, em que perdeu a decisão para o Liverpool.

Com o Benfica, o Mister sofreu o primeiro tropeço já no segundo mês após o retorno, quando foi eliminado pelo PAOK na terceira fase preliminar da Uefa Champions League e foi parar na fase de grupos da Europa League, onde irá encarar o Arsenal no mata-mata.

Na Supertaça de Portugal, torneio em jogo único entre o campeão do Português e da Taça de Portugal, o time enfrentou o Porto e acabou sendo derrotado por 2 a 0, no dia 23 de dezembro.

A última eliminação foi na semifinal da Taça da Liga, quando, fora de casa, o time enfrentou o Sporting Braga, do técnico Carlos Carvalhal, e foi derrotado por 2 a 1, ficando de fora da decisão.

No Campeonato Português, a situação dos Encarnados, também, não é das melhores. Atualmente em terceiro, quatro pontos atrás do líder Sporting, o time estaria ficaria se classificando, somente, para as fases qualificatórias da Champions League, correndo risco de ficar de fora da fase de grupos, mais uma vez.

No Flamengo, apesar dos dois torneios perdidos, Jesus conquistou, em um ano, cinco troféus. Em 2019, a Libertadores e o Campeonato Brasileiro coroaram sua passagem, que ainda teve os títulos da Supercopa do Brasil, da Recopa Sul-Americana e do Campeonato Carioca, em 2020.