<
>

Supercopa da França: Neymar sai do banco, retorna ao PSG após lesão e faz gol do título em cima do Olympique de Marselha

Nesta quarta-feira (13), PSG e Olympique de Marselha se enfrentaram no Estádio Bollaert-Delelis pela decisão da Supercopa da França. Com gols de Mauro Icardi e Neymar, os comandados por Maurico Pochettino venceram por 2 a 1 e conquistaram o título.

A primeira etapa teve amplo domínio do PSG. Além do gol, o argentino, assim como Mbappé, teve um gol anulado e colocou uma bola na trave. Já o Olympique não ameaçou Navas.

Mesmo com o domínio, o PSG só foi ter a primeira chance aos 18 minutos. Icardi, de cabeça, assustou Mandanda.

Aos 22, o argentino chegou a abrir o placar, mas não valeu. A arbitragem assinalou impedimento. A mesma situação aconteceu aos 30. Dessa vez, Mbappé foi flagrado em posição adiantada pelo VAR.

A pressão surtiu efeito aos 39. Icardi finalizou, Mandanda defedeu, mas, na sobra, o argentinou não perdoou e mandou a bola para o fundo das redes.

Icardi foi o cara do PSG na primeira etapa. Aos 47, o atacante bateu no contrapé do goleiro do Olympique e acertou a trave

Segundo tempo

A etapa final começou e o Olympique teve sua primeira chance na partida. Aos oito, Thauvin arrancou e bateu cruzado para Navas defender e evitar o empate.

Os comandados por André Vilas Boas voltaram a ameaçar aos 15. O zagueiro Caleta-Car finalizou de dentrou da área e obrigou o goleiro do PSG a fazer nova boa defesa.

Se a primeira etapa foi de domínio do PSG, a segunda teve o Olympique de Marselha como protagonista. Aos 30, Rongier dominou, bateu e a bola saiu raspando a trave.

Aos 38, pênalti para o PSG. Icardi caiu na área, o árbitro consultou o VAR e marcou a penalidade. Na cobrança, Neymar, que havia entrado na segunda etapa e não atuava desde dezembro de 2020, marcou o gol do título.

O Olympique diminuiu aos 44. Thauvin enfiou bola em profundidade para Payet, que bateu e fez.

Ficha técnica

PSG 2 x 1 Olympique de Marselha

GOLS: PSG: Mauro Icardi e Neymar; Olympique de Marselha: Payet

PSG: Navas; Florenzi, Marquinhos, Diallo e Kurzawa (Kimpembe); Herrera (Sarabia), Paredes (Danilo Pereira), Verratti, Di María (Neymar) e Mbappé; Icardi (Moise Kean). Técnico: Mauricio Pochettino

OLYMPIQUE DE MARSELHA: Mandanda (Pelé); Sakai, Álvaro González, Caleta-Car e Nagatomo (Lirola); Kamara, Thauvin, Gueye (Sanson), Rongier (Germain) e Radonjic (Benedetto); Payet. Técnico: André Vilas Boas

Estatísticas

Foi o primeiro título de Pochettino no comando do PSG

Neymar voltou a campo. O brasileiro não atuava desde dezembro de 2020

PSG não perde há seis jogos


Próximos jogos

As equipes voltam a campo apenas no ano que vem pelo Campeonato Francês

  • Sábado, 16/01, 17h*, Angers x PSG

  • Sábado, 16/01, 13h*, Olympique de Marselha x Nimes

*horário de Brasília