<
>

Barcelona ainda não pensa na volta de emprestado que nem estreou com Jesus no Benfica

play
Messi é cercado por fãs depois de homenagear Maradona com gol pelo Barcelona: 'Você é um deus!' (0:52)

Argentino vestiu camisa da lenda do futebol após marcar pelo Barça contra o Osasuna (0:52)

Jean-Clair Todibo, emprestado pelo Barcelona ao Benfica no dia 5 de outubro, poderia estar de volta ao Camp Nou no próximo mês de janeiro, de acordo com informações publicadas em Portugal no último final de semana. Porém, uma fonte do clube azul-grená assegurou à ESPN que não existe “no momento” nenhuma evidência.

Segundo publicou o jornal português O Jogo, o Benfica está perto de fechar a contratação de Lucas Veríssimo, do Santos. Assim, Todibo, que não teve ainda a oportunidade de estrear no time de Jorge Jesus, seria o grande prejudicado da operação, depois de cerca de dois meses em que teve uma inflamação do tendão de Aquiles e uma ruptura muscular. O treinador tem apostado neste começo de temporada na dupla de zaga formada por Jan Vertonghen e Nicolás Otamendi e, precisando reforçar o centro da defesa, se cansou de esperar pelo jovem francês.

O Barcelona e o Benfica acertaram o empréstimo de Todibo durante duas temporadas por um preço de 2 milhões de euros, deixando o clube português com uma opção de compra avaliada em 20 milhões de euros, além de se encarregar pelo salário do atleta. O francês foi recebido com muito otimismo em Lisboa, ms não correspondeu às expectativas colocadas nele.

Sem notícias

No Barcelona, no entanto, não existe evidência oficial das intenções do Benfica, e do Camp Nou se sustenta como “muito improvável” que Todibo pudesse ser reintegrado ao elenco catalão no mercado de inverno, que se abrirá em janeiro, por mais que a zaga tenha se convertido em um dos maiores problemas para o técnico Ronald Koeman.

Clément Lenglet sofreu uma lesão no tornozelo direito durante a vitória sobre o Osasuna por 4 a 0, no domingo, e foi submetido a exames médicos, que detectaram uma leve entorse. O francês será baixa para o duelo desta quarta-feira contra o Ferencvaros e é dúvida para o jogo de sábado diante do Cádiz.

Ainda que se confie no retorno de Ronald Araújo, a recuperação de Samuel Umtiti, que não joga uma partida oficial desde 27 de junho, continua sendo uma incógnita. Gerard Piqué, por sua vez, não é esperado até pelo menos abril de 2021, após ter sofrido uma entorse de grau três no ligamento lateral interno e uma lesão parcial do ligamento cruzado anterior do joelho direito.

Em meio a este cenário, Koeman passou a contar com o jovem da base Òscar Mingueza.

play
0:29

Filha de Griezmann se diverte e imita comemoração que pai fez depois de marcar em vitória do Barcelona

Mia Griezmann brincou e comemorou junto com o pai no 4 a 0 sobre o Osasuna

Atento ao mercado

No Barcelona, atendendo a uma solicitação de um Koeman que é consciente da “situação do clube”, se mantém no cenário uma possível contratação de Eric García em janeiro, seis meses antes de acabar seu contrato com o Manchester City. Para isso, é preciso que o clube inglês reduza significativamente suas demandas econômicas, uma opção que, no momento, não se contempla muito factível e, por isso, foram abertas outras vias, ainda que não de maneira muito convincente.

Desta forma, nos últimos dias apareceu no cenário o nome do argentino Ezequiel Garay, de 34 anos e livre de contrato desde que se despediu do Valencia em junho, como uma possibilidade de mercado, com preço baixo, para o Barça. Porém, é mantido no Camp Nou um silêncio escrupuloso a respeito.