<
>

Árbitro é detalhista ao explicar cartão amarelo a Messi por homenagem a Maradona

Lionel Messi fez uma das mais belas homenagens a Diego Armando Maradona. Ele reeditou no Barcelona um gol marcado pelo ídolo no Newell’s Old Boys em 1993 e vestiu a camisa 10 do clube argentino ao comemorar. Só não foi perfeito porque acabou punido pelo árbitro Antonio Miguel Mateu Lahoz.

O juiz cumpriu a letra fria da regra 12 do futebol e mostrou o cartão amarelo para Messi por ele ter “escondido” o uniforme do Barcelona. O curioso foi a justificativa na súmula.

“Aos 73 minutos, o jogador (10) Messi Cuccittini, Lionel Andres foi punido com cartão pelo seguinte motivo: Por tirar a camisa, após fazer um gol, mostrando uma nova camisa, esta da equipe Newell’s Old Boys, da temporada 1993/94, com o número 10 nas costas”, relatou Lahoz.

Foi a temporada de Maradona no clube em que Messi deu os primeiros chutes no futebol. O curioso foi que o gol reeditado pelo craque do Barcelona foi o único del Pibe de Oro no Newell’s, onde ele disputou cinco partidas oficiais e amistosos.

Na jogada, 27 anos atrás, em um amistoso contra o Emelec, Maradona avançou com a bola na entrada da área e arrematou com um chute cruzado no ângulo. No último domingo, diante do Osasuna, Messi fez o mesmo na goleada por 4 a 0.

Maradona morreu na última quarta-feira (25) em casa, em Tigre, na região metropolitana de Buenos Aires, aos 60 anos. O mundo não deixou de fazer homenagens ao talentoso e mais polêmico camisa 10 do mundo desde então.