<
>

Ex-Botafogo responde desabafo de Honda e pede que japonês fique: 'Faça isso como um real líder'

play
Dispensado, Ramón Díaz manda mensagem à torcida do Botafogo: 'As coisas não saíram como queríamos' (0:47)

Vinte e dois dias após ter anunciado a contratação de Ramón Díaz como novo técnico do time, o Botafogo divulgou a dispensa do argentino nesta sexta-feira (0:47)

Vivendo crise dentro e fora dos gramados, o Botafogo surpreendeu o seu torcedor nesta sexta-feira (27) ao demitir o técnico Ramón Díaz antes mesmo do argentino ter feito sua estreia à beira do campo.

E a demissão teve consequências no elenco. O meia Keisuke Honda, um dos líderes do grupo, utilizou as redes sociais para desabafar. O japonês chamou a situação de 'inacreditável' e ameaçou deixar o clube nos próximos dias.

"Inacreditável. Vou começar a pensar em ir embora nos próximos dias caso eles não me convençam em alguns dias", disse o japonês.

Ex-jogador do Botafogo, Dudu Cearense, que fez parte do elenco que arrancou no Brasileirão 2016 e conquistou vaga na Conmebol Libertadores 2017, chegando às quartas de final, respondeu Honda no Twitter.

Em inglês, o ex-volante pediu que o japonês repense a ideia de deixar o Glorioso. Para Dudu, Honda deve reunir o elenco e agir como o líder que é.

Veja abaixo:

"Honda, desculpa por dizer isso! Mas, no momento, o clube precisa de você. Por que está pensando em sair? Ir embora não é o melhor caminho, chame os jogadores e faça isso como um real líder. Só pense, você pode fazer isso. Saudações Alvinegras", disse Dudu.

Em 2020, o Botafogo já teve quatro treinadores. O Glorioso começou o ano com Alberto Valentim. Depois teve Paulo Autuori, Bruno Lazaroni, que foi efetivado e demitido em poucas semanas, e Ramón Díaz. O argentino não chegou a estrear pelo clube, já que passou por uma cirurgia e foi demitido antes de retornar ao Brasil. Emiliano Díaz, filho e auxiliar de Don Ramón, foi quem comandou a equipe carioca.

Agora, o Glorioso terá o retorno de Eduardo Barroca, que passou pelo clube em 2019. O técnico chega após deixar o Vitória na 16ª colocação na Série B.

Nos últimos dias, o Botafogo também passou por eleições presidenciais. Durcésio Mello foi eleito presidente do clube pelos próximos quatro anos e terá a missão, a partir de 2021, de tirar a equipe carioca da crise vivida nos últimos anos.

O Botafogo volta a campo no próximo dia 5 de dezembro. O Alvinegro irá encarar o Flamengo pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.