<
>

Romário lamenta morte, revela apelido que ganhou do 'irmão' Maradona e diz: 'Dos que vi, foi o melhor'

As grandes lendas do esporte estão em luto pela morte de Diego Armando Maradona. Um dos primeiros a se manifestar, Romário lamentou bastante e relembrou bons momentos com o ‘amigo e irmão’ argentino.

“Meu amigo se foi. Maradona, a lenda! O argentino que conquistou o mundo com a bola nos pés, mas também por sua alegria e personalidade única. Já disse algumas vezes, dos jogadores que vi em campo, ele foi o melhor”, postou.

“Sua passagem pelo mundo levou muita felicidade ao seu país e encantou a todos nós. Nunca vou esquecer das risadas que demos juntos. Certamente, ele nunca foi um adversário. Me chamava de Chapolin e me tratava como irmão’, seguiu.

“Um menino, que se foi cedo demais. Meu abraço aos argentinos, à família. Que tristeza, vai com Deus, hermano!”, completou.

Romário e Maradona nunca jogaram juntos, mas se enfrentaram bastante vestindo as camisas de Brasil e Argentina. Os dois nunca esconderam o apreço um pelo outro.

Maradona morreu nesta quarta-feira na Argentina, vítima de uma parada cardiorrespiratória sofrida na casa da filha. Ele foi internado no começo deste mês após passar mal durante um jogo do Gimnasia. Na chegada ao hospital, Diego precisou passar por uma cirurgia de emergência para aliviar uma pressão intracraniana e permaneceu lá até receber alta em 11 de novembro.