<
>

Fifa anuncia indicados ao 'The Best' com Neymar entre finalistas; veja todas as listas

A Fifa divulgou nesta quarta-feira (25) os indicados ao “The Best”, a premiação que aponta os melhores jogadores e as melhores jogadoras do mundo. O Brasil está representado com Neymar, do Paris Saint-Germain, mas sem nenhuma mulher entre as selecionadas.

O atacante, protagonista da última temporada no clube francês com a conquista de quase todos os títulos - a taça da Champions League escapou na final para o Bayern de Munique - concorrerá com Cristiano Ronaldo, Lionel Messi, Thiago Alcântara, Robert Lewandowski... (veja mais abaixo).

Há um ponto em comum entre os críticos na Europa de que a jornada 2019/2020 não foi boa para Messi e Cristiano Ronaldo, os papa-títulos na Fifa. Quem está com o moral em alta são Alcântara e Lewandowski. Ambos conquistaram tudo pelo Bayern.

Lewandowski ainda foi o artilheiro máximo na temporada europeia, com 55 gols (15 somente na Champions).

Entre as mulheres, não há nenhuma jogadora dos Estados Unidos, seleção campeã da Copa do Mundo no ano passado, indicada. Nem brasileiras, como Marta (recordista da premiação). Mas o Lyon, atual campeão europeu, tem cinco indicadas (veja lista abaixo).

Também foram indicados os cinco melhores goleiros, novamente com Alisson (do Liverpool) representando o Brasil, mas nenhuma brasileira entre as mulheres.

Por fim, a Fifa indicou a lista de candidatos ao prêmio de melhor treinador, com o alemão Hansi-Dieter Flick, do Bayern, como favorito no futebol masculino, e o francês Jean-Luc Vasseur (Lyon) e a holandesa Sarina Wiegman (da seleção da Holanda) no futebol feminino.

A cerimônia está marcada para 17 de dezembro. Até o dia 9, o público poderá votar nos candidatos no site da entidade do futebol mundial.

Indicados ao ‘The Best’, futebol masculino

Thiago Alcântara (Espanha / Bayern de Munique, hoje no Liverpool)

Cristiano Ronaldo (Portugal / Juventus)

Kevin De Bruyne (Bélgica / Manchester City)

Robert Lewandowski (Polônia / Bayern de Munique)

Sadio Mané (Senegal / Liverpool)

Kylian Mbappé (França / Paris Saint-Germain)

Lionel Messi (Argentina / Barcelona)

Neymar (Brasil / Paris Saint-Germain)

Sergio Ramos (Espanha / Real Madrid)

Mohamed Salah (Egito / Liverpool)

Virgil van Dijk (Holanda / Liverpool)

Indicadas ao ‘The Best’, futebol feminino

Lucy Bronze (Inglaterra / Lyon, hoje no Manchester City)

Delphine Cascarino (França / Lyon)

Caroline Graham Hansen (Noruega / Barcelona)

Pernille Harder (Dinamarca / Wolfsburg, hoje no Chelsea)

Jennifer Hermoso (Espanha / Barcelona)

Ji So-yun (Coreia do Sul / Chelsea)

Sam Kerr (Austrália / Chelsea)

Saki Kumagai (Japão / Lyon)

Dzsenifer Marozsán (Alemanha / Lyon)

Vivianne Miedema (Holanda / Arsenal)

Wendie Renard (França / Lyon)

Indicados como melhor goleiro

Alisson Becker (Brasil / Liverpool)

Thibaut Courtois (Bélgica / Real Madrid)

Keylor Navas (Costa Rica / Paris Saint-Germain)

Manuel Neuer (Alemanha / Bayern de Munique)

Jan Oblak (Eslovênia / Atlético de Madrid)

Marc-André ter Stegen (Alemanha / Barcelona)

Indicadas como melhor goleira

Ann-Katrin Berger (Alemanha / Chelsea)

Sarah Bouhaddi (França / Lyon)

Christiane Endler (Chile / Paris Saint-Germain)

Hedvig Lindahl (Suécia / Wolfsburg, hoje no Atlético de Madrid)

Alyssa Naeher (EUA / Chicago Red Stars)

Ellie Roebuck (Inglaterra / Manchester City)

Indicados como melhor técnico, futebol masculino

Marcelo Bielsa (Argentina / Leeds United)

Hans-Dieter Flick (Alemanha / Bayern de Munique)

Jürgen Klopp (Alemanha / Liverpool)

Julen Lopetegui (Espanha / Sevilla)

Zinedine Zidane (França / Real Madrid)

Indicados como melhor técnico, futebol feminino

Lluís Cortés (Spain / Barcelona)

Rita Guarino (Itália / Juventus)

Emma Hayes (Inglaterra / Chelsea)

Stephan Lerch (Alemanha / Wolfsburg)

Hege Riise (Noruega / LSK Kvinner)

Jean-Luc Vasseur (França / Lyon)

Sarina Wiegman (Holanda / seleção da Holanda)