<
>

Racing já foi algoz de eliminação do Flamengo em Supercopa da Libertadores

play
Rumo ao mata-mata: Delegação do Flamengo parte para a Argentina, onde atua pela Libertadores (1:18)

O time rubro-negro encara o Racing na próxima terça-feira, pela partida de ida das oitavas de final da competição, e deixou o Brasil no domingo (1:18)

Nesta terça-feira (24), o Flamengo inicia sua jornada no mata-mata da Copa Libertadores, em busca do terceiro título do torneio, contra o Racing, em Avellaneda.

O adversário desta fase de oitavas de final, porém, não traz as melhores lembranças para o Rubro-Negro. Na história, as duas equipes se enfrentaram em 13 oportunidades, com cinco vitórias para cada lado e três empates, mas o único embate em um jogo eliminatório teve classificação argentina.

Foi na Supercopa da Libertadores de 1992. O torneio, que teve dez edições entre 1988 e 1997, reunia os campeões do principal torneio sul-americano em um mata-mata com duelos de ida e volta.

Na semifinal da edição daquele ano, o Flamengo de Júnior, Paulo Nunes, Djalminha e cia enfrentava o Racing, liderado pelo uruguaio Gustavo Matosas.

No jogo de ida, disputado no Pacaembu por conta de obras que o Maracanã passava depois da queda do alambrado em partida do Campeonato Brasileiro, empate em 3 a 3, com direito a reclamações por um pênalti assinalado em favor dos argentinos.

play
1:18

Rumo ao mata-mata: Delegação do Flamengo parte para a Argentina, onde atua pela Libertadores

O time rubro-negro encara o Racing na próxima terça-feira, pela partida de ida das oitavas de final da competição, e deixou o Brasil no domingo

No jogo de volta, em Avellaneda, partida quase perfeita dos argentinos e vitória por 1 a 0, graças a gol de Graciani.

A derrota, porém, foi cercada de novas reclamações da arbitragem por parte dos rubro-negros. Segundo Uidemar, em entrevista dada na época, dois pênaltis deixaram de ser assinalados em favor da equipe visitante, o que poderia ter mudado o resultado final.

Na decisão do torneio, o Cruzeiro goleou o time do Racing, no Mineirão, por 4 a 0 e, mesmo com a derrota por 1 a 0 na Argentina, ficou com o troféu.

Por conta do novo Mundial de Clubes aprovado pela Fifa, a Conmebol estuda voltar com a Supercopa da Libertadores para definir um de seus representantes no torneio. A pandemia, porém, atrasou a definição da confederação.

Flamengo e Racing se enfrentam nesta terça-feira, a partir de 21h30, com transmissão ao vivo do FOX Sports.