<
>

Bundesliga: Matheus Cunha faz dois, mas Haaland faz quatro, e Borussia Dortmund massacra o Hertha Berlin por 5 a 2

Quem assistiu a Hertha Berlin x Borussia Dortmund neste sábado (21), viu dois jogos. O Hertha, corajoso, saiu na frente na etapa inicial.

Mas como se o segundo tempo fosse outra partida, o Dortmund não apenas virou, mas massacrou e venceu por 5 a 2 com quatro gols do Golden Boy Erling Haaland. Com o resultado, o Dortmund foi para a vice-liderança da Bundesliga.

O Dortmund teve muito mais a bola na primeira etapa, mas de modo improdutivo. O primeiro tempo se encaminhava para um justo empate sem gols quando Matheus Cunha abriu o placar com um golaço, aos 33.

Foram apenas quatro toques: Nchwolow bateu o tiro de meta, Piatek matou já em seu campo ofensivo, Lukebakio ajeitou e o brasileiro acertou um belíssimo chute da entrada da área, longe do alcance de Bürki: 1 a 0.

Na segunda etapa, não demorou nem três minutos para o Dortmund empatar. Numa linda jogada pela direita, os aurinegros chegaram à linha de fundo com Meunier, que mandou com açucar para Haaland só empurrar.

O gol despertou Haaland, que fez o segundo menos de dois minutos depois. Postado na linha defensiva do Hertha, ele avançou na hora H para aproveitar a bola enfiada e virar o jogo com o pé esquerdo.

E aos 17, para sepultar de vez o tabu de não marcar fora de casa na temporada, ele aproveitou recuo para Alderette, que não dominou, e caregou até a área para bater na saída de Nchwolow.

E quase fez o quarto, aos 25, mas a bola passou por ele. Quem acabou anotando foi Guerreiro, sentado. Não tardou, porém, para o norueguês fazer o quarto - um minuto depois de Matheus Cunha fazer seu segundo no jogo, de pênalti.

Ficha técnica

Hertha Berlin 2 x 5 Borussia Dortmund

GOLS: Matheus Cunha (2x) (HER); Haaland (4x) e Guerreiro (BOR)

Borussia Dortmund: Bürki, Meunier, Akanji, Hummels e Guerreiro (Schulz); Witsel, Can (Piszczek) e Dahoud (Bellingham); Reus (Reyna), Brandt e Haaland (Moukoko). Téc: Lucien Favre

Hertha Berlin: Nchwolow, Pekarik (Mittelstädt), Boyata, Alderete e Plattenhardt (Zeefuik); Stark, Guendouzi, Darida (Löwen) e Matheus Cunha; Lukebakio (Leckie) e Piatek (Ngankam). Téc: Bruno Labbadia


Estatísticas

Aos 16 anos e um dia, Moukoko, do Dortmund, tornou-se o jogador mais jovem a atuar na Bundesliga.

Haaland chegou ao seu 32º gol em 30 jogos pelo Borussia Dortmund

O Hertha não vence o Dortmund há 2 anos e meio

O Hertha segue sem vencer em casa na temporada

Quinto e sexto gols de Matheus Cunha nesta temporada da Bundesliga

Até o começo do jogo, Haaland ainda não havia marcado fora de casa na temporada. Fez logo quatro.

Matheus Cunha marcou em 6 dos 9 jogos do time nesta temporada


Matheus Cunha bem

Não foram apenas os gols. Matheus Cunha fez boa partida neste sábado.

Com uma movimentação inteligente, o chamado "facão" da ponta para o meio, ele apareceu muitas vezes como opção de último passe.

Ele soma agora 11 ações diretas de gol no campeonato, e se insere no top 5.

No segundo tempo, porém, ele sumiu em campo como o restante de seus companheiros. Apareceu para bater o pênalti e diminuir para o time da casa.


Haaland monstruoso

É cada vez mais impressionante o desempenho de Erling Haaland.

O norueguês não é apenas um exímio finalizador. Ele também é mestre em encontrar brechas.

Nos dois gols do jogo, embora seja o atacante mais perigoso do mundo na atualidade, ele apareceu completamente desmarcado para finalizar.

Haaland faz o futebol parecer fácil.


Moukoko estreia e bate recorde

Considerado o futuro da seleção alemã, o camaronês de nascimento Moukoko fez sua estreia na Bundesliga.

Entrou nos minutos finais do jogo para bater o recordo.

Com 16 anos, e um dia é o jogador mais jovem a disputar um jogo do Alemão.


Classificação

Hertha Berlin: 13° colocado, com 7 pontos

Borussia Dortmund: 2° colocado, com 18 pontos


Próximos jogos

Domingo, 29/11, 11h30, Bayer Leverkussen x Hertha Berlim, pela Bundesliga

Terça-feira, 24/11, 17h, Borussia Dortmund x Club Brugge, pela Champions League

*horário de Brasília