<
>

Nicola: Flamengo perde cerca de 75 mil sócios-torcedores e tem rombo financeiro de R$ 30 milhões

2019 foi um ano mágico para o Flamengo. Sob o comando de Jorge Jesus, o Rubro-Negro Carioca conquistou a Conmebol Libertadores após 38 anos e ainda faturou o Campeonato Brasileiro.

Fora dos gramados, mais uma marca expressiva. Embalada pela campanha dentro de campo, a torcida do clube carioca comprou a ideia do sócio-torcedor e o Flamengo chegou a 150 mil membros.

No entanto, em 2020, o Flamengo vive outro cenário. Segundo o jornalista Jorge Nicola, dos canais ESPN, em seu blog no Yahoo Esportes, o Rubro-Negro já perdeu 50% do que atingiu em 2019 no sócio-torcedor.

Impactado pelos efeitos da pandemia do novo coronavírus, o clube carioca viu os 150 mil se resumirem a 74.134 associados, segundo divulgação do próprio clube. A perda de 50% do número de sócios-torcedores também afetará diretamente o planejamento financeiro do clube. O Flamengo estimava faturar R$ 96 milhões ao longo de 2020. No entanto, com o decréscimo de sócios, o Rubro-Negro terá um rombo de R$ 30 milhões e, na nova estimativa, planeja arrecadar R$ 65 milhões até o final do ano.

A queda de associados teve início antes mesmo da pandemia, mas se agravou com ela. Veja abaixo os dados:

  • Abril – 115 mil sócios-torcedores

  • Maio – 105 mil sócios-torcedores

  • Junho – 95 mil sócios-torcedores

  • Agosto – 85 mil sócios-torcedores

  • Setembro – 80 mil sócios-torcedores

  • Outubro – 75 mil sócios-torcedores

O número de 74.134 sócios-torcedores foi divulgado pelo Flamengo na madrugada desta terça-feira (3 de novembro). Vale lembrar que Rodolfo Landim, presidente do clube, foi quem mais batalhou pelo retorno do público aos estádios. Mas, a ideia foi barrada pela decisão dos outros clubes em acordo com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O Flamengo volta a campo nesta quarta-feira (4), às 21h30, no Maracanã. Os comandados por Domènec Torrent enfrentarão o Athletico-PR pela segunda partida das oitavas de final da Copa do Brasil.

No primeiro confronto, vitória do Flamengo por 1 a 0. Qualquer empate coloca os cariocas nas quartas de final. Uma vitória do Furacão por um gol de diferença leva a partida para as penalidades.