<
>

Barcelona x Real Madrid 'começa' com queda de tabus, coincidências negativas e 'maldição rosa'

Barcelona e Real Madrid deram início nesse sábado (17) à difícil sequência de três jogos para cada em oito dias, com compromissos por LaLiga e Champions League e, de quebra, um clássico entre eles.

E não só largaram muito mal para o El Clásico como quebraram, juntos, tabus de mais de 17 e 20 anos, protagonizaram coincidências terríveis e ainda amargaram uma espécie de 'maldição rosa'.

A ESPN Brasil e o ESPN App transmitem Barcelona x Real Madrid, ao vivo, a partir das 11h (horário de Brasília) do próximo sábado (24 de outubro), e o ESPN.com.br acompanha o El Clásico em tempo real, com VÍDEOS de lances e gols.

Primeiro, foi o Real Madrid. Mesmo jogando em casa, o time de Zinedine Zidane foi dominado pelo 'caçula' Cádiz, especialmente no primeiro tempo, e acabou batido por 1 a 0. Na sequência, também na capital Madri, a só 30 quilômetros de distância, o Barcelona de Ronald Koeman viu Griezmann perder um gol inacreditável e caiu por 1 a 0 para o Getafe.

E o primeiro tabu que caiu foi este. Segundo Alexis Blázquez, mais conhecido como MisterChip, que é comentarista da ESPN e 'rei das estatísticas', será a primeira vez desde abril de 2003 que ambos chegarão para um El Clásico vindos de derrota na rodada anterior de LaLiga - naquele ano, ambos tomaram de 4 a 2, o time catalão do La Coruña e o merengue, da Real Sociedad.

O confronto no dia 19 daquele mês, há mais de 17 anos e no Santiago Bernabéu, acabou empatado em 1 a 1, gols de Ronaldo 'Fenômeno', para os donos da casa, e Luís Enrique, para os visitantes. O Real Madrid acabou campeão nacional em 2002/2003, com 78 pontos, e o Barcelona foi apenas o sexto, com 56.

Os placares das partidas pré-clássico, tanto daquela vez como nesta, são apenas uma das coincidências. Quer outra? A cor do uniforme. Os dois usaram vestimenta rosa nesse sábado. Não deu sorte.

E tem mais tabu que caiu. Também segundo o MisterChip, os dois gigantes espanhóis não perdiam no mesmo dia e sem fazer um gol sequer há exatos 20 anos e 164 dias, desde 6 de maio de 2000, quando o clube azul-grená foi derrotado por 2 a 0 pelo Rayo Vallecano e o blanco, pelo Alavés por 1 a 0.

Barcelona e Real Madrid terão a chance de se recuperarem antes do El Clásico no meio de semana, pela Champions League. O primeiro vai encarar o Ferencváros, da Hungria, às 16h (de Brasília) de terça (20), em casa, pelo grupo G, e o segundo receberá o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, às 14h (de Brasília) de quarta (21), pela chave B.

Estrear bem na mais importante competição de clubes do Velho Continente vale chegar com moral no sábado, às 11h (de Brasília), no Camp Nou, para o jogo que costuma estremecer a Espanha.