<
>

Flamengo: Arrascaeta 'assumiu braçadeira' para motivar jovens em discurso no vestiário

Virou brincadeira entre os torcedores do Flamengo a declaração de Thiago Neves sobre a timidez de Giorgian De Arrascaeta. Mesmo “na dele”, o uruguaio também mostra seu espírito de liderança no vestiário, como foi o caso para os jovens que encararam o Palmeiras.

Diante de um time completamente desfalcado por casos de COVID-19, como também será em parte nesta quarta-feira, contra o Independiente Del Valle, às 21h30 (de Brasília), pela Conmebol Libertadores, Arrascaeta assumiu o protagonismo, dentro e fora de campo.

Os detalhes do discurso do meia-atacante no vestiário foram revelados pelo goleiro Hugo Souza, outro destaque do empate no Campeonato Brasileiro, em entrevista à “Fla TV”.

“Ele é um jogador excepcional, a gente sabe disso. É um cara parceiro e tranquilo, mas é muito mais na dele. Só que no vestiário ele assumiu realmente a braçadeira de capitão, falou e passou confiança para gente que é novo”, disse o jovem, que deve ser titular nesta quarta.

“Olhar para ele, Gerson, Thiago Maia, Pedro, que são os caras que estão jogado há mais tempo e ver nos olhos deles que eles queriam aquela vitória, que estavam querendo muito independente da gente ser novo, da circunstância, estava todo mundo fechado em um só propósito ali. Isso motivou a gente, foi legal para caramba”, complementou.

No vestiário do Allianz Parque, Gerson também pediu a palavra para falar com os mais novos e agradeceu o empenho depois do 1 a 1. “Ele falou: ‘Cara, a gente está aqui para ajudar vocês, mas hoje vocês que nos ajudaram’. Isso foi emocionante para a gente, porque somos muito garotos, muitos estreando pelo profissional como no meu caso”, lembrou Hugo.

No caso de Arrascaeta, a imposição nos bastidores vai de encontro a uma preocupação que Thiago Neves, seu ex-companheiro de Cruzeiro, demonstrou no momento de sua contratação, em entrevista ao Fox Sports. “Ele é muito quieto, muito tímido, é uma coisa que pode atrapalhar no Flamengo", disse o meia, hoje no Sport, na ocasião.

"No Flamengo, ele tem que se soltar mais. Essa timidez dele, no Flamengo, não vai dar certo. No Flamengo, o cara tem que dar carrinho, vibrar, jogar bem, mostrar para a torcida dele que quer ser o cara do Flamengo, porque foi contratado para isso. Mas, essa timidez, se continuar, vai atrapalhar ele", completou ele.

Para encarar o Del Valle nesta quarta no Maracanã, Arrascaeta comandará novamente um Flamengo com jovens, mas bem mais reforçado do que no domingo. Ao total, são dez retornos, nove recuperados da COVID-19 e mais um, Gabigol, voltando de lesão.

O Flamengo deve ir a campo com Hugo Souza, Isla, Gabriel Noga, Natan, Filipe Luís, Thiago Maia, Gerson, Arrascaeta, Bruno Henrique, Gabigol e Pedro.