<
>

Brasileiro: Palmeiras vence Corinthians na Neo Química Arena; Fagner e Avelar são expulsos

O Palmeiras venceu o Corinthians por 2 a 0, nesta quinta-feira, pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro, no "1º" clássico da Neo Química Arena depois que o estádio alvinegro foi batizado com naming rights.

O Timão viu Fagner ser expulso ao cometer pênalti claro ainda na 1ª etapa, e ainda teve Danilo Avelar levando cartão vermelho no 2º tempo. A derrota aumenta a pressão em cima do técnico Tiago Nunes, que segue balançando.

Já o Verdão segue invicto há 13 partidas, e ganha um dérbi contra o maior rival pela 1ª vez desde 9 de setembro de 2018.

Em campo, o Corinthians começou melhor a partida, dando o primeiro susto com Otero: em um chutaço de fora da área, o gringo acertou o travessão de Weverton.

Após este lance, porém, o Palmeiras aos poucos se ajeitou em campo e passou a encaixar ótimos contra-ataques, criando chance atrás de chance.

Em uma dessas puxadas, veio o lance que mudou a partida.

Aos 43, Luiz Adriano enfiou para Wesley, que saiu na cara de Cássio e foi abafado pelo goleiro. No rebote, Lucas Lima bateu para o gol e Fágner colocou a mão para impedir.

O árbitro Leandro Pedro Vuaden não teve dúvida: pênalti para o Verdão e cartão vermelho direto para o lateral alvinegro.

Na cobrança, Luiz Adriano deslocou Cássio e abriu o placar na Neo Química Arena.

Depois do intervalo, Tiago Nunes tentou mexer no time: saíram Ramiro e Gustavo Silva e entraram Michel Macedo e Ederson.

O Alviverde se postou da mesma forma e seguia chegando bem em contra-ataques. Aos 9, Lucas Lima encheu o pé da entrada da área e exigiu grande defesa de Cássio.

Os donos da casa seguiam dependendo dos chutes de Otero para chegar. Aos 20, o venezuelano soltou uam bomba de longe e quase surpreendeu Weverton.

Vanderlei Luxemburgo, então, lançou Willian e Gabriel Veron nos lugares de Luiz Adriano e Wesley. E isso praticamente resolveu o jogo.

Pouco após as substituições, Lucas Lima deu passe magistral para Willian, que rolou para Veron só tocar para o gol vazio.

Daí em diante, o Palmeiras só controlou o jogo e ainda viu Danilo Avelar ser expulso após solada em Patrick de Paula, deixando o rival com dois a menos.

Assim, foi tranquilo controlar o 2 a 0 e comemorar o triunfo no clássico.

Ficha técnica

Corinthians 0 x 2 Palmeiras

GOLS: Palmeiras: Luiz Adriano (pênalti) e Gabriel Veron

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Lucas Piton (Sidcley); Gabriel, Cantillo (Mateus Vital), Otero (Léo Natel) e Ramiro (Michel Macedo); Gustavo Silva (Ederson) e Jô Técnico: Tiago Nunes

PALMEIRAS: Weverton; Mayke (Bruno Henrique), Luan, Gustavo Gómez e Matías Viña; Patrick de Paula, Gabriel Menino, Zé Rafael (Ramires) e Lucas Lima (Rony); Wesley (Gabriel Veron) e Luiz Adriano (Willian) Técnico: Tiago Nunes

Estatísticas

clássico entre Corinthians e Palmeiras na temporada

expulsão de Fagner pelo Corinthians na temporada

11º gol de Luiz Adriano em 24 jogos pelo Palmeiras na temporada

gol de Gabriel Veon em 9 jogos pelo Palmeiras na temporada

gol de Gabriel Veron nos últimos 2 jogos do Palmeiras

expulsão de Danilo Avelar pelo Corinthians na temporada

vitória do Palmeiras sobre o Corinthians desde 9 de setembro de 2018


Classificação

- Corinthians: 13º lugar, com 9 pontos
- Palmeiras: 4º lugar, com 16 pontos


Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo no final de semana, pelo Brasileirão.

  • Domingo, 13/09, 16h*, Fluminense x Corinthians

  • Domingo, 13/08, 19h45*, Palmeiras x Sport

*horário de Brasília