<
>

Messi: Veja diferentes entendimentos que Barcelona e estafe do jogador têm do contrato

play
Messi fora do Barcelona: os detalhes de como está o processo de saída do jogador e a 'cláusula secreta' no contrato (2:14)

Diego Monroig, da ESPN Argentina, traz detalhes da notícia bombástica da saída do atacante do clube catalão (2:14)

Após Lionel Messi avisar a diretoria do Barcelona que quer deixar o clube na próxima janela de transferências, a imprensa espanhola já prevê que a situação pode terminar de duas formas: ou o argentino consegue deixar o clube de graça, graças a uma cláusula em seu contrato, ou tudo acabará em uma briga sanguinária nos tribunais, também devido a cláusulas contratuais.

O que ocorre que que o Barça e o estafe jurídico do atleta têm entendimentos diferentes sobre a possível liberação do jogador, em uma situação bastante confusa.

Fato é que a cláusula que autoriza Messi a deixar o Camp Nou de graça existe, mas, segundo o time catalão, já foi expirada. Quem trabalha com Messi, porém, alega que ela ainda é válida.

Entenda a visão de cada lado:

A VISÃO DO BARCELONA

play
0:35

Adeus, Messi? Para Kfouri, decisão do argentino deixa Barcelona em momento 'crucial de sua história'

Jornais argentinos noticiam pedido de Messi para deixar o clube catalão

O Barcelona afirma que Messi deveria ter comunicado sua intenção de deixar o clube antes do final de maio, caso quisesse ativar a cláusula de liberação gratuita.

No entanto, o argentino só fez o aviso formal nesta terça-feira, dia 25 de agosto, o que, no entendimento da equipe, não dá espaço para o uso da cláusula.

Por isso, o time blaugana segue firme em sua postura: só vende Messi pelo valor da rescisão contratual, que é de 700 milhões de euros (R$ 4,56 bilhões).

O Barcelona também já deixou claro que não aceita outra visão, e que, se necessário for, entrará em batalha jurídica contra seu principal jogador.

A VISÃO DE MESSI

play
1:33

O 1º passo depois do Barcelona: Kfouri acredita que PSG e City são principais candidatos a fechar com Messi

Camisa 10 pediu para deixar o Barça e pode rescindir seu contrato

O estafe de Messi alega que o atleta pode rescindir seu vínculo com o Barça, que é válido até junho de 2021, neste momento, deixando a equipe de graça.

Isto porque a paralisação do futebol, devido à pandemia de COVID-19, fez com que a temporada 2019/20 fosse ampliada até agosto.

Desta forma, há o entendimento de que a data do "aviso final" de Messi, que era 31 de maio, deveria ter sido movido para 31 de agosto, acompanhando o calendário.

Se a Justiça espanhola entender que o argentino tem razão, ele será liberado para sair do Barcelona de graça, deixando o clube sem um tostão sequer.