<
>

Flamengo: conversa de 20 minutos com Guardiola ajudou na contratação de Domènec Torrent

O processo de seleção do Flamengo para novo treinador foi apurado e com a busca de melhores referências por cada profissional. Estilo dentro e fora de campo, comportamento ao longo da carreira, ideias para o futuro. E no caso de Domènec Torrent a melhor fonte seria, claro, Pep Guardiola, com quem o atual treinador do Flamengo trabalhou durante dez anos como auxiliar em Barcelona, Bayern de Munique e Manchester City.

Coube ao diretor de futebol do clube, Bruno Spindel, a tarefa de conversar com o catalão. E conseguiu. Por cerca de 20 minutos em uma chamada telefônica, Spindel papeou com uma das referências do universo do futebol. As palavras de Guardiola sobre Dome foram as melhores possíveis e o Flamengo viajou à Europa convicto de que ele seria uma das grandes opções para substituir Jorge Jesus.

Para chegar ao treinador catalão, o Flamengo entrou em contato com profissionais ligados ao City Football Group. O grupo é dono do Manchester City e também do New York City FC, onde trabalhou Domènec Torrent em sua última experiência como técnico.

A atual diretoria rubro-negra já tinha relacionamento com o Grupo City, uma vez que Pablo Marí, atualmente no Arsenal, pertencia ao Manchester City quando fora contratado pelo rubro-negro em julho de 2019.

Contato feito, a conversa abordou o dia a dia de Domènec, as suas ambições para a carreira de treinador, seu desejo de comandar um grande clube e, claro, ideias de futebol. Dias depois, ao ser perguntado sobre Domènec em uma coletiva virtual do clube inglês, Guardiola encheu o amigo de elogios. Na apresentação no Flamengo, Dome confirmou que Guardiola o incentivou a vir para o Brasil.

"Quando ele soube do interesse do Flamengo só me disse: 'Não deixe passar. Se tiver confiança é um dos maiores clubes do mundo'. Foi algo que me incentivou muito", disse Dome.

No início da gestão da Chapa Azul no Flamengo no fim de 2012, integrada pelo atual presidente Rodolfo Landim, o clube rubro-negro já tivera contato com Ferrán Soriano, CEO do City Football Group e modelo de gestão profissional esportiva desde os tempos de Barcelona. É ele o autor do livro "A bola não entra por acaso", considerada uma bíblia para gestão profissional esportiva.

Com a saída de Jorge Jesus, o Flamengo tentou manter o alto padrão de conhecimento de futebol e seguir o legado deixado pelo português.

O papo com Guardiola foi uma possibilidade informada por Mauro Cezar Pereira, comentarista da ESPN. Já com a conversa com o catalão como base, Bruno Spindel e o vice de futebol, Marcos Braz, se encontraram com Dome no Restaurante Amazónico, em Madri, para um primeiro contato. Dias depois Dome assinou seu contrato com o Flamengo válido até 31 de janeiro de 2022. Com a bênção de Pep.