<
>

Italiano: Como virada por 4 a 2 do Milan sobre a Juventus era quase impossível por história e matemática

Nesta terça-feira, Milan saiu perdendo por 2 a 0, mas conseguiu uma virada espetacular e venceu a líder Juventus por 4 a 2, pela 31ª rodada do Campeonato Italiano, em San Siro.

O triunfo rossonero já foi impactante por si só. No entanto, ao encarar o jogo do ponto de vista da história do Calcio, e também da matemática, o resultado é ainda mais grandioso.

Isto porque Milan e Juve fazem um dos clássicos mais antigos e importantes da Itália, com 212 partidas disputadas até hoje.

Nestas mais de duas centenas de confrontos, todavia, uma situação como a desta terça nunca tinha ocorrido. Ou seja: o time de Milão nunca tinha vencido o rival de Turim quando o adversário abriu dois gols de vantagem.

Além disso, a própria "Velha Senhora" não costuma desperdiçar uma vantagem de dois tentos.

Para se ter uma ideia, a Juventus não perdia um jogo após liderar por 2 a 0 desde 20 de outubro de 2013, quando caiu para a Fiorentina.

Entre esses dois duelos, separados por quase sete anos, a Juve teve vantagem de dois gols em 126 ocasiões, terminando com 123 vitórias e três empates.

Se encarada do ponto de vista da matemática, então, a vitória do Milan beira o absurdo.

De acordo com o FiveThirtyEight, site parceiro da ESPN que calcula as probabilidades dentro dos jogos em tempo real, a chance de triunfo rossonero no decorrer da partida chegou próxima de 0%.

Aos 14 do 2º tempo, quando a "Velha Senhora" abriu 2 a 0, a chance de vitória do Milan era de apenas 0,5%, já que a equipe teria que fazer ao menos três gols em um espaço de cerca de 31 minutos (mais acréscimos), contra uma das melhores defesas da Itália.

Todavia, contra a história e a matemática, o gigante de Milão buscou o triunfo por 4 a 2, mostrando que sua camisa ainda entorta varal na Itália.

Com a derrota, a líder da Serie A não conseguiu aproveitar o tropeço da Lazio, que perdeu para o Lecce mais cedo, mas segue com 7 pontos de vantagem.

Os rubro-negros, por sua vez, ganham posições e sobem para o 5º lugar, entrando na zona de classificação para a Liga Europa.