<
>

Com brasileiro, jornal lista 'joias' do Barcelona que nem chegaram ao clube, mas já interessam rivais

O Barcelona já recebeu pedidos de empréstimo de jogadores que contratou, mas ainda nem chegaram ao clube. O interesse vem de clubes de Espanha, Itália, Alemanha e Holanda por nomes como Pedro, Trincão e Emerson, segundo o jornal Mundo Deportivo.

Emerson, 21 anos

O brasileiro faz uma grande temporada como titular do Betis e foi convocado para a seleção brasileira principal, além de acumular participações pela equipe olímpica. Milan, Inter de Milão e Tottenham seguem de perto o lateral-direito, segundo o Mundo Deportivo, mas a ideia do Barcelona é que ele siga uma temporada a mais na equipe de Sevilla. Emerson assinou em janeiro de 2019 por cinco temporadas, sendo a primeira metade com o Betis e a segunda, a partir do meio de 2021, com o Barcelona.

Francisco Trincão, 20 anos

O Barcelona investiu 30 milhões de euros no português, contratado em janeiro, antes que a multa rescisória com o Braga dobrasse de valor ou que equipes como Juventus e Arsenal transformasse o interesse em uma oferta maior. Segundo o jornal, há clubes de Espanha, Alemanha e Itália atentos à situação do atacante. Se não for incorporado ao elenco principal do Barça, poderia seguir em Portugal caso o Braga esteja em uma competição europeia. Hoje a equipe ocupa a 3ª posição no campeonato nacional e iria à Europa League.

Pedri González, 17 anos

Contratado por 5 milhões de euros junto ao Las Palmas quando ainda estava com 16 anos, o meia espanhol é o jogador com mais atuou pela equipe nessa temporada na segunda divisão (26 partidas como titular) apesar de ter se ausentado para disputar o Mundial Sub-17 em outubro. Betis, Celta, Real Sociedad e até o holandês Ajax teriam perguntado por Pedri. Outra opção, se o Barça B não subir da 3ª para a 2ª, é permanecer no Las Palmas.

A reportagem ainda cita outro brasileiro ao explicar a situação de Arthur. Aos 23 anos, o meio-campista já se consolidou no Barcelona, o que não impede que equipes ingleses e também o PSG demonstrem interesse e possam fazer alguma oferta. No entanto, Arthur é considerado “inegociável” e um dos pilares do futuro do Barcelona.