<
>

Liverpool x Flamengo: Alisson: 'Não chegamos nem perto de uma atuação do nível Premier League'

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o goleiro Alisson, do Liverpool, relembrou a final do último Mundial de Clubes da Fifa, vencida por 1 a 0 em cima do Flamengo em um jogo muito parelho, resolvido apenas na prorrogação.

Segundo o arqueiro, os atletas dos Reds "não foram surpreendidos" pelo Fla.

No entanto, o brasileiro admitiu que seus colegas de equipe ficaram "admirados" com várias das qualidades do Rubro-Negro.

"Foi muito positiva (a repercussão da atuação do Flamengo na Europa). Não digo (que fomos) surpreendidos, mas os meus companheiros ficaram admirados com a qualidade dos jogadores, a organização", afirmou.

"O Mundial não é tão valorizado na Europa. Nós valorizamos porque estávamos lá, ainda mais eu e o Firmino por sermos brasileiros. Eu estava muito feliz. E realmente jogaram de igual para igual com o Liverpool", completou.

Questionado sobre como via o deboche feito por torcedores rivais no Brasil com o fato dos atletas do Flamengo terem dito que jogaram "de igual para igual" com o Liverpool, Alisson foi sincero.

Para o goleiro, as pessoas "não respeitaram suficiente" os Reds nas análises feitas tanto antes quanto depois do jogo.

Além disso, o atleta da seleção brasileira garantiu que o Liverpool não ficou "nem perto" de ter contra o Fla "uma atuação nível Premier League".

"As pessoas no Brasil ficaram muito empolgadas, a imprensa falava que o Flamengo tinha chance de vencer. Realmente, futebol é jogado, e o Flamengo tem uma equipe capacitada para isso, só que eu senti um desconhecimento de quem comentava sobre a nossa equipe. Não questiono a qualidade do Flamengo, mas vejo que as pessoas não nos respeitaram o suficiente", ressaltou.

"Nós não chegamos nem perto de ter uma atuação do nível que temos na Premier League, tanto em intensidade quanto em nível técnico. É muito difícil sair do Inglês e replicar o padrão em dois jogos fora da sua rotina", finalizou.

O Liverpool ganhou por 1 a 0 com um gol marcado pelo atacante Roberto Firmino, na prorrogação, depois que o jogo acabou 0 a 0 no tempo regulamentar.

Foi o 1º título mundial da história do clube britânico.