<
>

Tuchel, do PSG, fala grosso: 'Mbappé tem que acatar minhas decisões e mostrar mais respeito'

O técnico do Paris Saint-Germain, Thomas Tuchel, disse nesta terça-feira que o atacante Kylian Mbappé, uma das maiores estrelas do elenco, tem que respeitar suas decisões.

A frase vem depois do jogador da seleção francesa ter se mostrado visivelmente contrariado por sua substituição durante a vitória por 3 a 1 sobre o Montpellier, pela Ligue 1, no último sábado.

Mbappé fez o 2º tento do PSG nesta partida e deu a assistência para Icardi fazr o 3º, antes de ser substituído por Eric Choupo-Moting nos minutos finais.

Ao deixar o campo, o jovem atacante ignorou as tentativas de Tuchel em conversar com ele e fez cara de pouquíssimos amigos, claramente irritado.

Em coletiva antes da partida desta quarta, contra o Galatasaray, pela Champions, o treinador alemão afirmou que Mbappé precisa acatar suas decisões e demonstrar mais respeito por seus colegas de equipe.

"Kylian não é um atleta tão difícil de comandar. No entanto, ele tem uma mentalidade especial. Reações como a que ele teve são normais para alguém com sua mente, que é ambiciosa e quer buscar títulos. Ele sempre quer vencer e nunca quer deixar o campo", afirmou Tuchel.

"Mas Kylian precisa aceitar minhas decisões. Ele tem que demonstrar respeito ao jogador que está entrando em seu lugar no campo. Eu não levei (a reação de Mbappé) para o lado pessoal. Ele estava desapontado, mas tudo foi esclarecido depois, até por conta do respeito que ele tem por Choupo-Moting e por mim. Não foi nenhum problema", garantiu.

O PSG já está classificado em 1º lugar de seu grupo e joga nesta quarta apenas para cumprir tabela na Liga dos Campeões.

O Real Madrid é a 2ª equipe já classificada na chave A.