<
>

Real, Barcelona e mais nove: Espanha faz história e escala time com 11 jogadores de 11 clubes diferentes

O empate em 1 a 1 contra a Noruega no último sábado, dia 12, a seleção espanhola contou com uma escalação histórica: onze jogadores de onze equipes diferentes.

Há anos, Real Madrid e Barcelona dominam os times titulares de La Roja, porém desta vez foi diferente. Alguns 'intocáveis' deram espaço para novos jogadores para o futuro e velhos conhecidos.

Para as duas partidas válidas pelas Eliminatórias para a Eurocopa de 2020, contra Noruega e Suécia, apenas Sergio Busquets representa o time catalão, e Carvajal e Sergio Ramos representam os merengues.

O zagueiro e capitão, inclusive, se transformou no jogador com mais partidas pela seleção (168), ultrapassando Iker Casillas.

Veja a escalação titular:

- Kepa (Chelsea)
- Jesús Navas (Sevilla )
- Raúl Albiol (Villarreal)
- Sergio Ramos (Real Madrid)
- Bernat (PSG)
- Sergio Busquets (Barcelona)
- Fabián (Napoli)
- Saúl (Atlético de Madrid)
- Ceballos (Arsenal)
- Rodrigo (Valencia)
- Oyarzabal (Real Valladolid)