<
>

Schweinsteiger, lenda do Bayern e cmapeão do mundo, anuncia aposentadoria aos 35 anos

Chegou ao fim uma das carreiras mais notáveis do futebol alemão na história. Bastian Schweinsteiger anunciou a aposentadoria como jogador de futebol nesta terça-feira, aos 35 anos de idade.

"Queridos fãs, o momento chegou e eu encerrarei minha carreira ao final desta temporada. Eu gostaria de agradecer a todos os meus clubes, Bayern de Munique, Manchester United, Chicago Fire e seleção alemã. Vocês fizerem este período inacreditável possível para mim! E claro, eu gostaria de agradecer a minha esposa Ana Ivanovic e a minha família por seu apoio”, escreveu o alemão em sua conta no Twitter.

“Dizer adeus como um jogador me fazer sentir nostálgico, mas eu também estou ansioso para os empolgantes desafios que me esperam em breve. Seguirei fiel ao futebol. Muito, muito obrigado pelo tempo que passamos juntos, eu sempre terei um lugar para vocês no meu coração!"

Revelado pelo Bayern, o meio-campista virou um dos principais nomes da história do clube, conquistando oito títulos da Bundesliga, sete da Copa da Alemanha, um da Champions League.

Após ter começado atuado mais ofensivamente, ele virou um dos melhores volantes do mundo, sendo crucial também na seleção alemã sendo titular no título da Copa do Mundo de 2014 e nos terceiros lugares em 2006 e 2010.

Schweinsteiger deixou o Bayern no meio de 2015 e defendeu, sem brilho, o Manchester United até o começo de 2017. Seu último estágio como jogador de futebol profissional foi no Chicago Fire, que defendeu nas duas últimas campanhas. Como a equipe não se classificou aos playoffs da Major League Soccer, a vitória por 5 a 2 sobre o Orlando City, no domingo, foi a partida final de sua carreira.