<
>

Destaque no Bayern, Gnabry foi proibido na infância pelo próprio pai de jogar no... Bayern

play
Autor de 4 gols, Gnabry diz que Bayern de Munique jogou para frente e foi agressivo (0:10)

Mesmo jogando em Londres, clube alemão conseguiu uma goleada histórica por 7 a 2 no Tottenham (0:10)

Contratado pelo Bayern de Munique em 2017, Serge Gnabry passou uma temporada emprestado ao Hoffenheim, antes de retornar e virar um dos destaques do time na atual campanha. Porém, ele poderia ter se transferido ao clube bávaro muito antes disso.

Quando tinha dez anos de idade, surgiu a possibilidade, mas o pai dele vetou.

“Cara, eu fiquei furioso. Eu estava totalmente destruído e chorei, mas meu pai se manteve firme”, declarou o meia à revista do Bayern “51”.

Jean-Hermann Gnabry, além de pai do atual jogador da seleção alemã, também foi técnico dele. A decisão de não permitir que seu filho fosse ao Bayern foi baseada no fato de seu desejo de treinar Serge e pensar no melhor para o desenvolvimento da carreira dele.

“Só com 12 anos eu pude me transferir ao Stuttgart. No fim das contas eu tenho que admitir que as decisões dele não estavam erradas”, disse o hoje atleta do Bayern.

Depois do Stuttgart, Gnabry defendeu Arsenal e West Bromwich sem tanto sucesso, antes de brilhar pelo Werder Bremen e ser contratado pelo Bayern em 2017 por 8 milhões de euros.

Em 2019-20, o atleta de 24 anos soma oito partidas, cinco gols e quatro assistências pelo Bayern, com destaque para os quatro tentos no triunfo por 7 a 2 diante do Tottenham em Londres.