<
>

Dolberg tem relógio roubado no vestiário do Nice e se recusa a jogar até ter o caso resolvido

play
Elano revela que conversou com Neymar após novela PSG/Barcelona e garante: 'Posso dizer que ele está feliz' (1:04)

Os jogadores atuaram juntos no Santos e ainda mantêm contato, segundo Elano, convidado do dia do Futebol no Mundo (1:04)

Contratado pelo Nice na última janela de transferências por 20,5 milhões de euros (R$ 93,85 milhões), o dinamarquês Kasper Dolberg, ex-Ajax, não teve sorte até o momento em seu novo clube.

Até agora, Dolberg atuou durante apenas 79 minutos pelo Nice. Na última segunda-feira, o atleta teve um relógio de 70 mil euros (R$ 320,4 mil) furtado dentro do vestiário, e no dia seguinte não treinou alegando problemas estomacais.

Agora, Dolberg pediu para não jogar a próxima partida do time no Campeonato Francês, contra o Dijon, até que o caso seja solucionado e o culpado seja encontrado.

Por outro lado, o presidente do Nice, Jean-Pierre Rivère, deixou claro que não vai tentar recuperar o relógio, nem mesmo ajudar o jogador a procurar. O treinador Patrick Vieira pensa em escalar o dinamarquês mesmo assim.

O atacante foi titular na última partida do Nice e começava a ganhar espaço no time, mas o problema pode deixá-lo de fora dos próximos compromissos.