<
>

Técnico do United minimiza mais um pênalti perdido e desabafa após novos ataques racistas contra Rashford

Ole Gunnar Solskjaer fez questão de minimizar o segundo pênalti perdido pelo Manchester United na Premier League, nos últimos dois jogos.

Se na 2ª rodada, Pogba perdeu a cobrança e o time não saiu do empate com o Wolverhampton, desta vez foi a vez do jovem Rashford perder a sua chance e ver o United sair derrotado pelo Crystal Palace.

O técnico do Manchester United não teve vida tranquila até o momento na Premier League. Venceu por goleada o Chelsea, mas além do empate na 2ª rodada, perdeu em pleno Old Trafford para o time do Crystal Palace, por 2 a 1.

Nos dois últimos jogos, pênaltis perdidos. No primeiro Pogba, e nesse Rashford, quando o jogo ainda estava 1 a 0 para os visitantes.

"Dois jogos, dois penais perdidos. Temos uma parcela de culpa, mas às vezes acontece. Eu mesmo já perdi alguns. Se tivéssemos feito eles seria uma história diferente. Se continuarmos nos colocando nessas posições, teremos mais pênaltis e marcaremos eles. É uma dessas coisas. Confiamos neles (Pogba e Rashford) para marcar de novo", minimizou o técnico.

Ainda sobre o jogo, Solskjaer lamentou o gol sofrido no final.

"Deveríamos ter lidado melhor com os últimos 5 minutos. Defendemos mal e isso teve um custo. Não testamos o goleiro deles como deveríamos".

Racismo (de novo)

Outro jogador do United foi ofendido nas redes sociais após perder pênalti. Marcus Rashford não aproveitou sua cobrança, o Crystal Palace venceu e torcedores usaram as redes sociais para xingar o jogador.

Após as ofensas racistas, Solskjaer desabafou: "É o mesmo que falei no último final de semana. Isso tem que parar".

"Eu não tenho nem palavras. Essas pessoas se escondem através de perfis fakes. É uma loucura estarmos falando disso em 2019".

O Manchester United volta a jogar na Premier League no próximo sábado (31), contra o Southampton.